Dar orientação aos filhos sobre as drogas irá ajudar no desenvolvimento ético deles e os afastará das más companhias e escolhas.

É importante educar os filhos sobre o uso e os efeitos das drogas ilegais, essa é uma forma de proteger, informar e até mesmo desencorajar os filhos a fazerem uso dessas substâncias, mesmo que isso seja comum na sociedade hoje e entre as amizades que irão fazer.

A orientação, sobre o que essas drogas fazem ao corpo e mente, irá ajudar no desenvolvimento ético dos filhos, afastando-os das más companhias e escolhas, para isso é importante se informar bem sobre o assunto.

Drogas são substâncias químicas que alteram a forma que o corpo trabalha. Qualquer pessoa já ouviu falar que drogas ilegais são ruins, mas o que isso significa e por que elas são ruins?

Veja oito coisas que você pode compartilhar com seus filhos sobre as drogas, seu uso e consequências.

1. Os medicamentos são drogas lícitas

Quem já esteve doente teve que tomar remédio, então já conhece um tipo de droga. Os medicamentos são drogas legais que os médicos estão autorizados a prescrever para os pacientes, as farmácias a vender e as pessoas a comprar. Porém, não é correto e seguro o uso e a compra desses medicamentos sem que o médico receite e de pessoas não autorizadas a vendê-las.

2. Cigarros e álcool

Os cigarros e o álcool também são tipos de droga, seu uso em excesso causa a dependência, por isso eles não são saudáveis para os adultos e não podemos nem pensar em seu uso pelos adolescentes e crianças.

3. Drogas ilícitas

São substâncias proibidas de serem produzidas, comercializadas e consumidas. Geralmente quando ouvimos falar em “problema com drogas” pode significar o “abuso de medicamentos, álcool e cigarro” ou ao “uso de drogas ilegais”.

4. Por que as drogas ilícitas são perigosas?

As drogas ilegais não são boas para ninguém, mas são piores para uma criança ou adolescente porque seu corpo ainda está se desenvolvendo. Elas danificam o cérebro, coração e outros órgãos importantes, envelhecem o corpo mais rápido, destroem os dentes, provocam a falta de sono (a pessoa não consegue dormir bem), causam depressão (a pessoa fica com uma tristeza muito grande), acabam com o peso saudável (a pessoa pode emagrecer ou engordar), provocam feridas, escaras e ferimentos na pele e podem até levar à morte qualquer pessoa – mesmo uma criança ou adolescente.

Com frequência as pessoas que usam drogas não vão bem na escola, nos esportes ou em outras atividades, têm dificuldades para pensar claramente e tomar decisões, podem fazer coisas estúpidas ou perigosas que prejudicam elas mesmas e as outras pessoas.

5. Por que as pessoas usam drogas ilícitas?

As crianças e adolescentes usam para se ajustar dentro de um grupo de amigos ou por curiosidade. Existem muitas razões, geralmente é porque as pessoas não estão felizes e querem fugir daquilo que estão vivendo por um tempo, fugir da sua realidade. Esta fuga dura apenas até que o efeito da droga desaparece. As drogas não resolvem os problemas, seu uso frequente causa outros problemas além daqueles que a pessoa já tem, ela fica tão dependente das drogas ou viciada que seu corpo não pode funcionar bem sem a droga. Quando a pessoa se torna dependente das drogas é muito difícil parar de usar e ao tentar parar, ela terá sintomas de abstinência, irá vomitar, transpirar muito, tremer ou se agitar, até que seu corpo fique novamente livre das drogas.

6. Como saber se alguém está usando drogas?

É possível notar mudanças na aparência ou no comportamento da pessoa. É muito importante observar se depressão ou outro problema pode estar causando essas mudanças, mas se alguém usa drogas pode:

Perder o interesse na escola
Mudar de amigos (para sair com as crianças que usam drogas)
Tornar-se mal-humorado, negativo, irritadiço, ou preocupado o tempo todo
Pedir para ser deixado sozinho muitas vezes
Ter dificuldade de concentração
Dormir muito (talvez até mesmo na classe, por ter alteração no sono)
Se envolver em brigas
Ter os olhos vermelhos ou inchados
Perder ou ganhar peso
Tossir muito
Ter o nariz escorrendo o tempo todo
7. O que fazer para ajudar?

Falar com um adulto de confiança, pode ser um pai, outro parente, um professor, treinador ou funcionário da escola. A pessoa com problema de droga pode precisar de ajuda profissional e só um adulto poderá ajudá-la a encontrar o tratamento necessário. Outra forma de ajudar é escolher não experimentar ou usar drogas. É a melhor maneira dos amigos permanecerem juntos.

8. Conhecer

Compreender as drogas e por que elas são perigosas é outro bom passo a se tomar. O conhecimento ajuda os filhos a fazer melhores escolhas, os mantêm longe do perigo e dá condições de ajudar outras pessoas também. O bom relacionamento entre pais e filhos também é importante para evitar esse mal.

Conversar com os filhos sobre as drogas e os efeitos nocivos do seu uso pode ajudá-los a compreender a importância de ficar longe delas. Você já começou esta conversa com seus filhos?

Por: Familia.com

Faça um comentário