No último dia 04 de novembro foi aberta com missa e show de bandas católicas a 204ª festa em louvor a Nossa Senhora do Rocio, padroeira do estado do Paraná. O evento, considerado como o mais atrativo do turismo religioso do sul do Brasil, acontece em Paranaguá, no litoral do Paraná.

A abertura foi marcada pelo “Encontrão Jovem”, um movimento da igreja católica que reúne jovens para viver momentos de reflexão, espiritualidade e alegria. Após as atividades dentro da igreja, os jovens cantaram e dançaram no palco central da Praça da Fé.

Já no domingo houve uma missa campal, onde era esperada a participação do Padre Robson. Entretanto, com as fortes chuvas em Goiânia, o avião que traria o religioso não pode decolar. A celebração, presidida pelo reitor do Santuário do Rocio, Padre Joaquim Parron, teve a participação de mais de 15 mil pessoas e contou com a presença dos padres José Afonso Tremba e Edilei Rosa Silva, superior provincial dos redentoristas de Mato Grosso do Sul e Paraná. Ao final da missa, transmitida para todo o país pela Rede Vida, o reitor do Santuário falou sobre como surgiu e se propagou a devoção a Nossa Senhora do Rocio.

Leia também:
Padre proíbe a venda de bebida alcoólica em festa do padroeiro e revolta fiéis
Igreja no Brasil se prepara para abertura do Ano do Laicato

NOVENÁRIO

Ao amanhecer da segunda-feira, 06, um grande número de devotos foi ao Santuário para iniciar o que consideram a parte mais importante da festa: o novenário de Nossa Senhora do Rosário do Rocio. O padre Joaquim Parron, mesmo já tendo participado em outras ocasiões, disse que ficou surpreso com o número de fiéis e teve até que providenciar o telão para quem estava do lado de fora.

“A participação dos moradores da cidade, no primeiro horário impressiona pela disposição de vir para a oração antes do trabalho. Neste novenário, que fazemos em cinco horários durante a festa, temos recebido testemunhos de muitas graças alcançadas”, afirmou.

No próximo final de semana estão marcadas importantes atrações: no dia 11 a procissão ciclística e no dia 12 a procissão marítima e a motorizada. O missionário Jorge Tarachuque, que também está no Santuário, pontua que a procissão marítima é muito concorrida. “É feita na baía de Paranaguá, um lindo cenário lindíssimo e passa em frente ao porto, o segundo mais importante do país”, explicou.

A Procissão Solene, conhecida como a “procissão dos milagres”, acontece no dia 15, às 16 horas. O reitor, padre Parron diz que “a festa é um evento de fé e alegria. Aberto à participação popular, independente de credo ou situação econômica. A intenção é sim transmitir o evangelho a todos, mas partindo do acolhimento, do amor, da motivação e de notícias boas e alegres. Venham para a festa, todos vão gostar deste lugar abençoado e bonito por natureza”.

SERVIÇO:

204ª Festa Estadual de Nossa Senhora do Rocio
Até 19 de novembro de 2017
Praça da Fé – Bairro do Rocio
Paranaguá – Paraná

Fonte: Agora Litoral

Faça um comentário