A Encíclica “Laudato Si” e a Exortação Apostólica “A Alegria do Evangelho” do Papa Francisco são documentos da Igreja que contribuem para o trabalho de base nas dioceses e paróquias de todo o mundo.

Segundo Afonso Murad, Irmão Marista, Doutor em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma, na gestão paroquial, na evangelização que exige um diálogo com o ser humano envolvido no mundo uma das questões mais importantes é a questão ecológica, e a Encíclica Laudato Si é uma contribuição para colocar em prática essa questão.

“Eu penso que a Laudato Si traz para nós uma espiritualidade integrada e integradora, uma espiritualidade que não afasta a gente do mundo, mas que nos faz perceber que o espírito de Deus está na criação, renova toda a criação, e como diz o Papa no começo do documento, ‘nós somos parte do mundo’, e nós somos responsáveis para que esse planeta continue habitável, então há uma grande responsabilidade dos cristãos”.

Além disso, mesmo em meio a tanta destruição do planeta, irmão Murad aponta que a Laudato Si é uma grande mensagem de esperança.

“O Papa começa falando de esperança e termina com o apelo esperança. Talvez quando a gente olha a situação de destruição do nosso planeta achamos que não tem solução, mas tem. Já há muitas iniciativas pequenas que vêm dando certo, elas precisam ser universalizadas, ampliadas, para que mais gente faça parte dessa grande corrente da vida.”

Outro documento do Papa Francisco que aponta uma mensagem de entusiasmo é a Exortação Apostólica “A Alegria do Evangelho”. Para irmão Murad dois aspectos dessa exortação são importantes observar.

“A Alegria do Evangelho tem duas mensagens que me chamam a atenção, a primeira o próprio título. Nós cristãos somos mensageiros da alegria de Deus e essa alegria contagiante nos faz sermos parceiros da vida, alimenta a esperança constantemente. O Papa é um sinal disso, um homem alegre, simples, próximo das pessoas. E depois, a segunda mensagem é o grande apelo que o Papa faz de um ‘Igreja em Saída’, que não se contente simplesmente em alimentar a si própria e manter suas estruturas, mas estar em função da missão, fazer com que a Boa Nova de Jesus chegue ao coração das pessoas e transforme o mundo”, apontou.

Irmão Afonso Murad participou do CONAGE (Congresso Nacional de Gestão Eclesial) em Aparecida (SP) no dia 22 de setembro e abordou o tema “Laudato Si” e “A Alegria do Amor” em duas palestras.

Fonte: A12

Faça um comentário