O que aconteceu com Judas após sua traição?
O que aconteceu com Judas após sua traição? (Foto:Divulgação)

De fato a Igreja Católica não diz com certeza que Judas esteja condenado, embora haja indícios. Ele rejeitou absolutamente a graça de Deus.

Se ele pode ter se salvado só Deus sabe.

Sobre os suicidas a Igreja ensina que podem ter se salvado, exatamente dependendo do seu estado emocional e psíquico. E a Igreja não impede mais a missa de corpo presente e tudo mais.

Veja também:
Por que domingo é considerado o ‘dia do senhor’ para os cristãos?
Cristo está realmente presente na Eucaristia?

Judas foi escolhido por Jesus porque certamente tinha os requisitos que eram necessários para ser um grande apóstolo. Usando mal da sua liberdade,não soube corresponder a graça de Deus.

Esta é a maior prova para nós de que a graça de Deus não anula a natureza e a liberdade humana. Judas foi culpado do seu ato, pois agiu com toda a liberdade.

Jamais Deus poderia te-lo escolhido com o mau desejo de que ele traísse Jesus; Deus não pode fazer e desejar nada de errado. Mas, Deus sabe aproveitar até o pecado da criatura humana para daí tirar algum bem.

Assim, deste grande mal, a traição maior que a humanidade conheceu, Deus soube tirar a salvação para a humanidade. Não existe destino e nem predestinação.

Existe o homem agindo com a sua inteligência, vontade e liberdade, ajudo pela graça de Deus. Nem sempre sabemos deixar a graça nos conduzir.

Fonte: Cléofas / Redação Catholicus

Faça um comentário