Depois de quase 7 anos de fundação, a Pastoral do Empreendedor realizou, em São Paulo, o 1º Encontro Nacional com lideranças da Pastoral e movimentos de evangelização para empreendedores.

O evento aconteceu no Santuário São Judas Tadeu em São Paulo. O encontro teve como objetivos, estabelecer o perfil nacional da Pastoral do Empreendedor, escolher uma coordenação nacional, refletir a necessidade de ‘estatuto’ e discernir formas de expansão.

Empreendedores de várias regiões do país marcaram presença: Salvador-BA, Paulo Afonso-BA, São José do Rio Preto-SP, Sorocaba-SP, Marília-SP, Taubaté-SP, Cuiabá-MT, Bacabal-MA,  Curitiba-PR, Maringá-PR e Brasília-DF.

Confira na reportagem:

Leia também:
3 benefícios para uma boa gestão na Pastoral do Dízimo
Congresso Nacional da Pastoral do Dízimo e da Partilha agora é certificado pela Faculdade Dehoniana

O que é a Pastoral do Empreendedor?

É uma pastoral da Igreja, com uma missão específica: cuidar pastoralmente dos
empreendedores. Como sabemos, os empreendedores frequentam as nossas missas e os
nossos grupos, mas se encontram como ovelhas sem pastor, ou seja, sem um olhar
direcionado e afetuoso. Falta-lhes, portanto, um espaço onde possam ser acolhidos e
compreendidos, onde suas buscas e anseios sejam contemplados. Dessa forma, nasce a
Pastoral do Empreendedor, para ser um lugar de acolhida e vivência da Palavra de Deus,
com linguagem e dinâmica próprias do mundo do empreendedorismo. A Pastoral do
Empreendedor é diferente de uma associação de empreendedores católicos ou algo
parecido, ela está ligada diretamente à paróquia e à diocese, como todas as outras
pastorais, onde o modelo é o Bom Pastor e o diretor espiritual é o pároco ou outro padre
designado.

O que faz a Pastoral do Empreendedor?

Evangelização entre os empreendedores. Proclama-se a Boa Nova de Jesus Cristo, por
meio de uma linguagem apropriada, extraindo dos textos sagrados luzes e exemplos que
possam iluminar o dia a dia dos negócios. Sabemos que a Palavra de Deus é rica em
fatos, orações, histórias, parábolas e instruções que bem interpretadas se tornam recursos
de sabedoria para o empreendedor nos seus momentos de decisão. A Pastoral, também,
fomenta no empreendedor a espiritualidade, ensinando-o a orar com os acontecimentos do
cotidiano e ter uma postura de fé diante dos obstáculos. Para isso, realizam-se missas com
homilias e orações direcionadas aos empreendedores, bem como retiros de finais de
semana e reuniões semanais, com estudos da Palavra.

Como fazer para ter a Pastoral do Empreendedor na sua paróquia?

É muito simples. Basta reunir um grupo de empreendedores interessados e procurar o
pároco, demonstrando o interesse de criar a Pastoral do Empreendedor. Depois da
autorização do pároco, é hora de começar a se reunir, de preferência semanalmente. Os
empreendedores são muito criativos e organizados por natureza. A Pastoral do
Empreendedor deve ter essas características. Deve ser dinâmica, organizada, criativa, ter
metas claras, planejamentos e o tempo otimizado. A Palavra de Deus precisa ser
interpretada a partir das angustias e preocupações dos empreendedores. Dessa maneira,
basta ter boa vontade, o coração aberto e deixar o Espírito Santo agir!. Para maiores
informações e material, pode escrever para o e-mail [email protected]
ou entrar em contato com a Paróquia Nossa Senhora da Luz, em Salvador – BA, tel. (71) 3344 2414

Faça um comentário