A castidade é um presente para você mesmo, para seu futuro cônjuge e para Deus

Convido todos os rapazes e meninas, os quais têm a graça de serem virgens, que se conservem em castidade por amor à sua família e ao seu casamento. Faça esse compromisso com o Senhor.

Nos dias de hoje, diante de todas as coisas e insinuações, realmente é difícil conservar-se virgem, mas essas pessoas têm a graça dos filhos dos santos. Conservem essa graça!

Muitos que vivem a sua sexualidade contam vantagens, mas isso pode fazer com que, aqueles que ainda são virgens, se sentam inferiores por não terem, ainda, vivido tal experiência.

Infelizmente, parece que o mundo virou as coisas de pernas para o ar. Temos a impressão que quem está correto são os outros, o que parece ser a maioria. Mas as coisas não acontecem por maioria.

O garimpo acontece sempre em meio a muitos cascalhos, pois entre eles é possível encontrar algum ouro. Diante daquilo que você tem no garimpo, você pega o cascalho ou o ouro? O ouro, claro! Mas muitos não pensam assim. Infelizmente, não temos escutado essas coisas. Mas você, que se manteve virgem até o momento, não desista; conserve-se deste modo.

Antigamente, era muito raro os rapazes permanecerem virgens, mas as moças, ao contrário, escolhiam presentear o seu marido também com a sua castidade.

Fonte: Canção Nova

Faça um comentário