Antes de se tornar Papa, muitas pessoas não conheciam o então cardeal Jorge Mario Bergoglio. E mesmo hoje, mais de um ano depois de sua eleição, muitos ainda não conhecem alguns detalhes sobre sua vida, e nós contamos dez delas a seguir:

 

1. Leva jeito com pássaros

Papa Francisco com muita habilidade segurou uma pomba branca e um papagaio durante audiências gerais que ocorreram na Praça de São Pedro. De acordo com sua irmã, Maria Elena Bergoglio, Jorge tinha um papagaio quando estava no seminário. E porque ele gostava de fazer brincadeiras, ela disse “Eu não o colocaria, afinal ensinou ao pequeno animal um palavrão ou dois ao invés de ensinar a orar.”

2. Tem uma experiência de trabalho bem variada em seu currículo

Além de ter trabalhado como varredor de chão em uma fábrica, e executar testes em um laboratório químico quando adolescente, o Papa também trabalhou como segurança. Mais tarde, quando não estava expulsando encrenqueiros de clubes, ensinava literatura e psicologia no ensino médio, o que segundo ele o ajudou a descobrir o segredo para trazer as pessoas de volta… à Igreja.

3. Foi um Schindlerjuden (“Judeus de Schindler”)

Quando o então padre Bergoglio foi chefe da província jesuíta na Argentina, ele ajudou uma rede clandestina que abrigava em segurança pessoas cujas vidas estavam em perigo, durante a ditadura militar apoiada pelo assassino da nação.

De acordo com testemunhas, o futuro Papa nunca disse a ninguém o que estava fazendo, e aqueles que o ajudavam a encontrar alojamentos temporários para os “convidados” nunca perceberam que tinham feito parte de sua estratégia em segredo.

 4. É uma pessoa caseira com zelo missionário

Mesmo tendo viajado constantemente, Jorge Bergoglio se considera uma pessoa caseira e fácilmente sente saudades de casa. No entanto ele quis entrar na Companhia de Jesus por ser vista como a linha de frente da igreja nos trabalhos em terras de missões.

Desejava servir como missionário no Japão, mas disse que seus superiores nunca deixariam por se preocuparem com os problemas de saúde que tinha na época.

5. Tem um passado “dolorido”

Quando Francisco tinha 21 anos, teve a metade de seu pulmão direito removido devido a uma infecção pulmonar grave. Atualmente este fato não lhe causou mais problemas de saúde. Hoje em dia ele se queixa de dor no ciático.

A pior crise foi em seu primeiro mês como Papa “um ataque de dor no ciático”, disse ele. “Eu estava sentado em uma poltrona para conceder uma entrevista e senti a dor. É muito doloroso, não desejo a ninguém!”

6. Foi o candidato mais forte depois de Joseph Ratzinger no conclave de 2005

Se fosse eleito, o argentino escolheria o nome John depois do Beato Joao XXIII tendo sua  inspiração de “Papa Bom”, segundo o cardeal italiano Francesco Marchisano.

7. Seu dia começa às 4h30 da manhã

“Eu rezo o breviário, todas as manhãs. Gosto de rezar com os salmos. Então, mais tarde, eu celebro a missa e rezo o rosário”, disse o Papa. Sua jornada de trabalho inclui leitura de cartas, cartões, documentos e relatórios, bem como reuniões com os cardeais , bispos, sacerdotes e leigos. Almoça entre 12h e 13h, depois descansa por cerca de 30 minutos antes de retornar ao trabalho. Mas a sua parte favorita do dia é a adoração eucarística, à noite, quando muitas vezes ele cai no sono em oração. “Entre 19h e 20h, fico em frente ao Santíssimo Sacramento durante uma hora, em adoração. Mas rezo mentalmente, mesmo quando eu estou esperando no dentista ou em outros momentos do dia”, disse ele.

8. Consegue fazer malabarismo com tarefas

Juan Carlos Scannone, padre jesuíta e amigo do Papa, disse que ele é um “a one-man band” (referência àquelas figuras onde um homem carrega e toca vários instrumentos sozinho), pois pode fazer malabarismos com muitas tarefas diferentes ao mesmo tempo.

“Uma vez vi o Papa escrever um artigo em uma máquina de escrever, lavou sua roupa, em seguida recebeu uma pessoa que precisava de orientação espiritual. Fez um trabalho espiritual, um técnico e um manual, tudo ao mesmo tempo e com a mesma qualidade”, disse o padre.

9. Pouca bagagem

Quando ele embarcou no avião com destino ao Brasil em Julho de 2013, as pessoas ficaram espantadas, pois o Papa estava carregando sua própria bagagem de mão. O que tem dentro? “Não é a chave para a bomba atômica” brincou com os jornalistas. “Há uma navalha, um breviário, um livro de consulta, um livro para ler, sobre Santa Teresa por quem tenho devoção. Quando viajo, sempre levo comigo uma bagagem de mão. É normal”

10. Arrecadou fundos para ajudar desabrigados:

O Papa Francisco foi o proprietário da moto mais cara do século 21, uma Harley-Davidson – Dyna Super Glide. Foi vendida com sua assinatura por 241.500 euros em um leilão em Paris. Além da moto o Papa também leiloou uma jaqueta da marca Harley-Davidson com sua assinatura por  57.500 euros. Toda a renda arrecadada, ao todo 299.000 euros equivalente a $326,000 mil dólares na época, foi doada pelo Papa a um albergue para desabrigados em Roma.

Adaptado: Catholic News

[ot-gallery url=”http://catholicus.org.br/gallery/10-coisas-sobre-o-papa-francisco-que-maioria-das-pessoas-ainda-nao-sabe/”]

Compartilhe:

Faça um comentário