4 informações básicas sobre a Quarta-Feira de Cinzas
Foto: Divulgação

O fundamental a ficarmos sabendo sobre o primeiro dia da Santa Quaresma

Em nossa preparação para a Quaresma deste ano, é importante recordarmos alguns pontos fundamentais sobre o seu primeiro dia:

1. O que é a Quarta-Feira de Cinzas?

É o primeiro dia da Quaresma, ou seja, do tempo litúrgico de 40 dias em que a Igreja convida os fiéis a se prepararem profundamente para viver os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo na Semana Santa.

2. O que as cinzas significam?

Sendo os restos do que foi queimado, as cinzas simbolizam que nós também seremos fisicamente consumidos e nos tornaremos pó: “Tu és pó e ao pó retornarás” (Gn 3, 19). Nos inícios da Igreja, os cristãos já colocavam cinzas sobre a cabeça para receber o Sacramento da Reconciliação na Quinta-Feira Santa. O sentido penitencial da Quaresma se consolidou no século V e, a partir do XI, a imposição das cinzas no início desse tempo litúrgico se tornou habitual. O artigo 125 do Diretório sobre a Piedade Popular e a Liturgia nos diz:

Veja também:
O que você deve saber sobre a Quarta-feira de Cinzas
30 sugestões de penitência para a Quaresma

“O começo dos quarenta dias de penitência, no Rito romano, caracteriza-se pelo austero símbolo das cinzas, que caracteriza a Liturgia da Quarta-feira de Cinzas. Próprio dos antigos ritos nos quais os pecadores convertidos se submetiam à penitência canônica, o gesto de cobrir-se com cinza tem o sentido de reconhecer a própria fragilidade e mortalidade, que precisa ser redimida pela misericórdia de Deus. Este não era um gesto puramente exterior: a Igreja o conservou como sinal da atitude do coração penitente que todo batizado é chamado a assumir no itinerário quaresmal. Devem ajudar os fiéis que vão receber as cinzas a aprenderem o significado interior deste gesto, que abre cada pessoa à conversão e ao esforço da renovação pascal”.

3. Como é o rito da imposição das cinzas?

A imposição das cinzas é feita após a homilia da Santa Missa da Quarta-Feira de Cinzas: o ministro as põe sobre a testa do fiel, em forma de cruz, pronunciando as palavras “Lembra-te de que és pó e ao pó retornarás” ou “Converte-te e crê no Evangelho”. As cinzas procedem dos ramos utilizados no Domingo de Ramos do ano anterior, queimados, abençoados com água benta e aromatizados com incenso. O fiel pode retirar as cinzas da testa quando desejar, não havendo nenhum tempo determinado para mantê-las: o importante não é o sinal externo, mas a sincera postura interior de penitência e conversão.

4. A Quarta-Feira de Cinzas é um dia de preceito?

Não: por isso, a participação nesta Missa não é obrigatória, mas é altamente recomendável. O que é obrigatório na Quarta-Feira de Cinzas é o jejum para as pessoas entre 18 e 60 anos de idade: elas podem tomar apenas uma refeição principal (almoço ou jantar) e duas refeições menores que, juntas, não cheguem a equivaler a uma refeição principal. Também é obrigatória na Quarta-Feira de Cinzas a abstinência de carne para todos os fiéis a partir de 14 anos.

Fonte: Aleteia

Faça um comentário