Papa Francisco | Imagem: Reprodução

Papa tratou sobre a misericórdia de Deus para com seus filhos na última homilia.

Na manhã desta terça-feira, 18 de fevereiro, o Papa Francisco celebrou a tradicional missa na Casa Santa Marta.

Durante a meditação do evangelho de São Marcos, o Santo Padre fez uma reflexão sobre a compaixão de Deus.

“Quando o coração se torna endurecido… Esquece-se da graça da salvação, se esquece da gratuidade. O coração duro leva às brigas, leva às guerras, leva ao egoísmo, leva à destruição do irmão, porque não existe compaixão. E a maior mensagem de salvação é que Deus sentiu compaixão por nós”

Assim, o Papa também completou que o remédio contra a dureza do coração, é se lembrar da compaixão, pois o Senhor pediu misericórdia e não sacrifício.

Também frisou, que é importante possuir um coração sem ideologias, pois isso afasta ele do Senhor:

“Nos corações endurecidos o Senhor não pode entrar; nos corações ideológicos o Senhor não pode entrar. O Senhor entra somente nos corações que são como o Seu coração: os corações compassivos, os corações que têm compaixão, os corações abertos. Que o Senhor nos dê esta graça”

Fonte: ACI Digital

Compartilhe:

Faça um comentário