8 magníficos santuários em que a fé católica refulge há séculos na França
Foto: Divulgação

Relíquias de Jesus, aparições de Nossa Senhora, caminhos de grandes santos… Um país privilegiado em lugares nos quais refulge há séculos a fé católica.

Venerar relíquias de Jesus Cristo, visitar locais em que apareceu Nossa Senhora, percorrer os caminhos de grandes santos da cristandade… A França é um país especialmente privilegiado em lugares nos quais a fé católica refulge há séculos com fascinante intensidade.

Veja também:
Estou vivendo uma crise de fé. O que eu devo fazer?
Oração pela conversão dos que não creem em Cristo

Confira 8 dentre os mais destacados santuários católicos da França:

1 – ABADIA DO MONTE SAINT-MICHEL – Construída sobre uma ilha que se junta à terra firme nas baixas marés, essa monumental obra-prima da fé católica é dedicada ao Arcanjo São Miguel, que teria aparecido há mais de 1.300 anos, em 709, ao bispo de Avranches, Santo Aubert, pedindo a construção do santuário. Os trabalhos começaram logo, mas a abadia beneditina só foi ficar pronta no século X. O afluxo de peregrinos desde a Idade Média faz deste impressionante santuário e da sua espetacular localização geográfica um dos pontos mais visitados da França.

8 magníficos santuários em que a fé católica refulge há séculos na França

2 – SANTUÁRIO DE N. SRA. DE LOURDES – É o maior local de peregrinação católica da França, com milhões de peregrinos que o visitam ano após ano. Situa-se no lugar em que Nossa Senhora apareceu em 1858 para a jovem Santa Bernadette Soubirous, apresentando-se como a Imaculada Conceição.

8 magníficos santuários em que a fé católica refulge há séculos na França3 – SANTUÁRIO DE N. SRA. DA SALETE – Segundo lugar de peregrinação na França depois de Lourdes, este santuário em Isère é o local em que a Virgem Maria apareceu em 1846 a dois adolescentes: Melanie Mathieu, de 15 anos, e Maximin Giraud, de 11. A mensagem de Maria na aldeia de La Salette pede oração, conversão e penitência. Seu título ali é “Reconciliadora dos pecadores“.

8 magníficos santuários em que a fé católica refulge há séculos na França4 – CATEDRAL DE NOTRE-DAME DE PARIS – Dedicada a Maria, é dela que vem o seu nome: “Notre-Dame” quer dizer “Nossa Senhora”, em francês. Situada em pleno coração de Paris, na pequena ilha de la Cité, no Rio Sena, a catedral construída entre 1163 e meados do século XIV resistiu à fúria das muitas revoluções e ondas de anticatolicismo que agitaram a história da França.

8 magníficos santuários em que a fé católica refulge há séculos na França5 – BASÍLICA DE SANTA ANA (SAINTE ANNE D’AURAY) – Mais importante local de peregrinação da região francesa da Bretanha, este seria o único lugar do mundo em que teria aparecido Santa Ana, a mãe da Santíssima Virgem. A festa do Grande Perdão, no dia de Santa Ana (26 de julho), atrai milhares de peregrinos todos os anos.

8 magníficos santuários em que a fé católica refulge há séculos na França

6 – SANTUÁRIO DE LISIEUX – A basílica preserva as relíquias de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, jovem carmelita falecida aos 24 anos e autora de um célebre testamento espiritual: a “História de uma Alma”. A obra fala da “pequena via” da busca da santidade na vida cotidiana: não mediante atos extraordinários, mas através de pequenos sacrifícios oferecidos a Deus por amor.

8 magníficos santuários em que a fé católica refulge há séculos na França7 – ABADIA DE SANTA FÉ (SAINTE-FOY) DE CONQUES – Esta igreja abacial encravada num vale verdejante é uma joia da arte romanesca reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Estão na abadia desde o século IX as relíquias de Santa Fé (Foy, em francês), virgem e mártir do século IV, em cuja honra ocorre todo ano uma grande romaria.

8 magníficos santuários em que a fé católica refulge há séculos na França8 – SANTUÁRIO DE ROCAMADOUR – A pequena cidade situada numa enorme falésia recebe 1,5 milhão de peregrinos por ano. Eles procuram ali visitar e venerar uma antiga imagem negra da Virgem Maria, cujas origens não são conhecidas. Uma lenda diz que o próprio São Lucas Evangelista a teria esculpido. Particularmente querida pelos marinheiros, a essa devoção se atribuem inúmeros milagres. O santuário é considerado Patrimônio Mundial pela Unesco.

Fonte: Aleteia

Faça um comentário