A norte-americana Jenny Thomas, de 40 anos, passou mais de 15 anos tentando encontrar sua mãe biológica e, após uma longa busca, descobriu que trabalhou com ela durante dois anos.

De acordo com o site “Metro”, a mulher participou de um programa televisivo no canal “TLC”, que ajuda pessoas a encontrarem seus pais biológicos, e foi então que ela identificou sua ex-colega de trabalho, Nita Valdez, como sua mãe. “Eu estava em choque. Tinha visto tantos rostos durante tantos anos pensando que pudesse ser ela”, comentou durante entrevista ao “The New York Post”.

Nita tinha desistido de criar sua filha e a entregou aos serviços sociais porque estava envergonhada de ter engravidado fora do casamento.

201603041638023xkZMYOTlG

 

A história de Jenny entrou como novo episódio da nova série de TV, chamada “Long Last Family”, que estreou neste domingo (6).

Fonte: RedeTV

 

 

Compartilhe:

Faça um comentário