O que a ação de Deus causa em nós?

A parábola contada por Jesus, no evangelho de Lucas 16,1-8, inicia toda uma serie de ensinamentos que devem orientar o cristão a respeito do justo valor dos bens terrenos. Afinal, usufruir dos bens é uma atitude que exige prudência, como fez o administrador acusado de  dissipar os bens do patrão. Sem maiores provas, Jesus mostra como o administrador usou o bom senso e destreza para prestar contas ao patrão. Saiu-se muito bem, chegando a ser elogiado pelo próprio senhor no final.

Na verdade, os principais administradores dos bens de Deus são os discípulos e discípulas, pois são fieis seguidores de Jesus Cristo, que devem servir os irmãos em nome  de Deus-Pai. Sem dúvida nenhuma, exige-se fidelidade amorosa. O apóstolo Paulo fala aos seus fiéis, referindo-se aos discípulos: “portanto, considerem-nos os homens como servidores de Cristo e administradores dos mistérios de Deus. Ora, o que se requer dos administradores é que cada um seja fiel” (1Cor 4,1-2).

A figura do patrão, no início da parábola, expõe uma pessoa severa, impiedosa, mas acaba se arrependendo e tornando-se misericordioso para com o seu empregado. O administrador é louvado não por sua desonestidade, mas pela sua previdência, que em nossa compreensão religiosa pode servir de lição aos filhos da luz, que somos nós, o povo de Deus.

Para compreender essa atitude do administrador devemos olhar o que a ação de Deus causa em nós. Hoje em dia existem em nossa vida muitos interesses materiais e a prática da injustiça. Isto nos causa um grande descontentamento, e Deus não tem lugar no coração humano. É preciso romper com tais atitudes que impedem de nos aproximarmos de Cristo. É pela ação misericordiosa que provocamos o bem nos corações humanos. Assim a sabedoria de Deus nos ensina cuidar dos bens espirituais, e por que não dizer, também dos bens materiais.

Por meus irmãos e amigos, eu desejo: “a paz esteja contigo”! Pela causa de Javé nosso Deus eu peço: “felicidade para ti!” (Sl 122,8-9)

Marcelo dos Santos é Diretor Editorial da Revista Paróquias & Casas Religiosas, Pós-Graduado em Comunicação Social, Bacharel e Licenciado em Filosofia e História, pela PUC-Campinas/SP, Bacharel em Teologia, pelo ITESP. Autor do livro “Sob a Luz do Evangelho”, publicado pela Editora A Partilha.

Contato: [email protected]

Faça um comentário