Absurdo: Católicos são obrigados a aceitar símbolos satânicos juntos ao presépio
Absurdo: Católicos são obrigados a aceitar símbolos satânicos juntos ao presépio (Foto:Divulgação)

Mais uma vez, a provocação dos movimentos laicistas dos EUA, que se sentem “ofendidos” com manifestações públicas da fé cristã. Quando se aproxima o Natal, nada melhor que colocar junto a um presépio… Símbolos satânicos(!).

Como em muitas outras ocasiões, não é a reclamação de uma seita satânica, senão uma “raivinha” que defende de forma peculiar a liberdade religiosa… Contra uma religião específica.

Ocorreu em Boca Raton, cidade ao norte de Miami (Flórida, EUA). Ali, a organização Freedom From Religion se responsabilizou pela colocação de um pentagrama invertido, símbolo do satanismo e magia negra, junto a um presépio que se exibe em um parque público, segundo informa a agência Efe.

Veja também:
Milagre eucarístico de Sokólka: hóstia é tecido do coração de pessoa em agonia!
Bispo recorda história real de monges que habitaram a ilha dos “Últimos Jedi” de Star Wars

“Para testar os parâmetros do debate público sobre visões religiosas durante estas festas, pusemos um pentáculo de madeira de 300 libras e cor vermelha com a foto de Baphomet (insígnia oficial da Igreja de Satã)”, assinalou em sua conta de Facebook o citado grupo.

‘Fora o presépio!’

Freedom from Religion pretende assim pôr em evidência a “hipocrisia cristã e o preconceito teísta em lugares públicos financiados pelos contribuintes” e advogar pela separação entre Igreja e Estado.

O diorama satânico de madeira, situado no meio do parque Sanborn Square, mostra um cartaz em que se leem frases como “In Satan we trust” (‘Confiamos em Satã’) e “Celebrate Winter Solstice” (‘Celebro o solstício de inverno’).

O pentáculo invertido está situado entre uma árvore de Natal e um Nascimento, o que tem causado a indignação de muitos vizinhos, segundo atestou o canal CBS12.

Em sua página de Facebook, a organização proclama: “Fora o presépio. Se tem que existir símbolos religiosos, também existirão os ateus e seculares”.

Dado que os espaços públicos são zonas de livre expressão, não se prevê que as autoridades retirem este símbolo do satanismo.

Um professor do instituto

Repórteres da WSVN Canal 7 indicam que o professor John Preston Smith, de Boca High School, foi o responsável por colocar ali o objeto como símbolo de “Em Satanás confiamos, uma nação sob o anticristo”.

Este professor também contou que não professa o satanismo, mas planeja restaurar a peça após sua destruição (já que foi atacada em 7 de dezembro passado, e ficou como se vê na fotografia superior, com os dizeres pichados).

O docente está trabalhando com o Freedom From Religion Foundation e no futuro gostaria que todos os símbolos religiosos fossem abolidos.

Tal como informa a agência Mundo Hispánico, o Departamento de Polícia de Boca Raton está investigando o “vandalismo” cometido, e a Freedom From Religion Foundation também oferece uma recompensa de 2 mil dólares(!) a qualquer pessoa que tenha informação sobre a agressão ao seu “monumento”. Na imagem mais acima pode-se já ver como ficou depois de sua restauração.

Fonte: Fiel Católico

Faça um comentário