Em comemoração a uma década de trajetória do Forronaré, o Departamento de Internet da Canção Nova produziu o documentário Forronaré 10 anos. A produção audiovisual retrata a musicalidade e a espiritualidade desse ministério de música e está disponível no Youtube da Canção Nova.

Em 2018, a Canção Nova, além de comemorar os dez anos do Forronaré, também comemora 40 anos de sua fundação. A partir do “sim” de monsenhor Jonas Abib ao chamado de Deus, muitas pessoas têm a vida mudada pela intervenção do Senhor.

Leia também:
10 músicas brasileiras dedicadas a Nossa Senhora Aparecida
Padre Fabrício lança CD e DVD “Eu Te Adorarei”

Com duração de 27 minutos, o documentário conta com depoimentos de pessoas que marcaram a história do ministério, entre elas está o monsenhor Jonas Abib.

História

O Ministério Forronaré foi uma inspiração de Deus e, tem como objetivo, transmitir a boa música cristã no ritmo do forró, com alegria, entretenimento e evangelização.

Inicialmente, os missionários se reuniam na Casa de Nazaré, em Cachoeira Paulista (SP), para promover uma festa nordestina, que logo ficou conhecida como o “Forró da Casa de Nazaré”. A nomenclatura derivou para Forronaré.

Com instrumentos improvisados, jovens se reuniram para tocarem músicas católicas de cantores famosos, mas sempre em ritmo de forró.

Algo que tinha a pretensão apenas de animar uma pequena festa, foi se tornando uma missão de evangelização. A partir desse momento, começaram a surgir outros convites, o que exigiu a profissionalização do ministério.

A formação atual do grupo é composta por cinco pessoas, sendo elas, os missionários da Comunidade Canção Nova: Flávio Pinheiro e Renata Maria da Silva, como vocalistas; os colaboradores da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação: Cristiano da Silva Garcez, como zabumbeiro; Fábio Henrique Geraldo de Souza, como triangueiro; e o amigo da Canção Nova: Geraldo José da Silva, como sanfoneiro.

Processo de produção

O documentário foi produzido em três meses, englobando desde o planejamento até a finalização do projeto. Contou com um diretor, dois produtores e cinco cinegrafistas.

Fonte: Canção Nova

Faça um comentário