Basílica da Natividade em Belém reabre com medidas anti-Covid19
Foto: Jean Nathalie

De acordo com a tradição a Basílica da Natividade em Belém é o lugar onde nasceu Jesus Cristo e reabriu suas portas neste terça-feira (26)

A Basílica da Natividade em Belém, onde a tradição afirma que Jesus nasceu, reabriu suas portas nesta terça-feira, 26 de maio, depois de permanecer fechada desde 5 de março como medida diante da pandemia de coronavírus.

Segundo assinala um comunicado conjunto do Custódio da Terra Santa, Pe. Francesco Patton; do Patriarca Grego-Ortodoxo de Jerusalém, Teófilo III; e do Patriarca Armênio de Jerusalém, Nourhan Manougian, a capacidade máxima permitida dentro da Basílica será de 50 pessoas.

Além disso, será proibida a entrada de pessoas com febre ou qualquer sintoma de COVID-19. Além disso, o local religioso só pode ser acessado com máscara e respeitando uma distância mínima de segurança de 2 metros.

Leia mais:
Praça de São Pedro é reaberta após mais de dois meses

Não serão permitidos gestos de devoção envolvendo contato físico com qualquer superfície do templo.

A reabertura da Basílica da Natividade se une à reabertura da Basílica do Santo Sepulcro de Jerusalém, que ocorreu no domingo, 24 de maio. Nesse caso, as medidas preventivas para evitar novas infecções pelo coronavírus foram as mesmas da Basílica da Natividade.

Com informações de ACI Prensa

 

Compartilhe:

Faça um comentário