assassinato no méxico

O Bispo de Ecatepec (México), Dom Roberto Dínguez Couttolenc, condenou o recente ataque no qual um homem apunhalou cinco pessoas durante a celebração de uma Missa em uma igreja da sua jurisdição, causando a morte de uma delas.

O assassinato ocorreu na sexta-feira, 12 de janeiro, na Capela de Nossa Senhora de Guadalupe, pertencente à paróquia de São Martinho de Lima, no município de Ecatepec (Estado do México).

Leia também:
Padre celebra missa com ajuda de aparelhos médicos… por um motivo incrível
Homem que destruiu imagem do Sagrado Coração no Paraná foi solto por juiz

A pessoa assassinada era coordenadora pastoral da paróquia.

O assassino foi identificado como Héctor Miguel García Olguín, de 33 anos, que foi detido pelos paroquianos e, em seguida, levado ao Ministério Público de Ecatepec. Por outro lado, os feridos foram encaminhados para o hospital ‘Las Américas’.

“Como Igreja, sabemos que a nossa tarefa é condenar qualquer tipo de violência, especialmente quando se atenta contra a dignidade da pessoa, roubando o dom mais sagrado: a vida. Recordemos o Quinto Mandamento da lei de Deus: ‘Não matarás’”, indicou Domínguez em um comunicado emitido em 13 de janeiro.

Do mesmo modo, exortou “todos os membros das diferentes comunidades a reforçar os valores cristãos, formando com responsabilidade e compromisso a consciência de cada pessoa”.

Finalmente, manifestou a sua “proximidade, oração e apoio” aos familiares das vítimas.

“Peço-lhes que nos unamos em oração e sacrifícios pedindo pela paz, que tanto necessitamos, a fim de erradicar o mal presente em nossa sociedade. Peçamos a Deus que nos conceda experimentar neste ano os frutos da nossa súplica”, concluiu.

Fonte: ACI Digital

Faça um comentário