Igreja de São Sebastião- Brumadinho| Imagem: Reprodução

No ano passado, a cidade sofreu com o rompimento da barragem logo após a festa do santo.

Hoje(20), brumadinho celebra a festa de São Sebastião padroeiro da cidade. Está será a primeira vez após a tragédia.

Após o rompimento da barragem da Vale na cidade, a cidade mineira se tornou cenário de dor e sofrimento.

No entanto, um ano depois, a cidade se prepara para comemorar a festa de seu padroeiro, como forma de esperança.

“Foi muito difícil para nós organizarmos a festa do padroeiro da nossa cidade sabendo que, no ano passado, muitos dos nossos irmãos que faleceram estavam conosco, envolvidos, nos ajudando com as celebrações, liturgia, terços, barracas e este ano, não estarão conosco”

Contou o Padre, Renê Lopes, pároco da Paróquia de São Sebastião.

Estamos dando o nosso melhor para que essa festa não seja algo que aumente mais a nossa dor, mas uma festa que tenha tudo para minimizá-la”Completou.

A tragédia

O rompimento da barragem na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, completa um ano neste sábado, 25.

A tragédia é considerada o maior acidente de trabalho da história do país.

Também causou um enorme impacto ambiental, contaminando a água e o solo da região e matando milhares de animais.

Fonte:Canção Nova.

 

Compartilhe:

Faça um comentário