Capela Sistina | Imagem: Hannah Brockhaus

As obras são um retrato da vida de São Pedro e São Paulo.

Após 500 anos da morte do pintor renascentista Rafael Sanzio, a tapeçaria produzida por ele para o vaticano voltou a ser exibida na Capela Sistina.

“Rafael representa de alguma maneira o exemplo mais alto da arte renascentista. Através dele, queremos compartilhar os valores, não apenas da arte, mas também da fé que sua arte representa, especialmente em suas tapeçarias da Capela Sistina”, explicou Barbara Jatta, diretora dos Museus vaticanos.

arazzi-web.00_00_00_15.Immagine001.jpg
Colocando a tapeçaria na Capela Sistina | Imagem: Vatican News

Leia mais:
Missionário Shalom: canção “Nada Se Compara” já está disponível

As obras foram encomendadas pelo Papa Leão X em 1515 e retratam cenas dos evangelhos e Ato dos Apóstolos acerca da vida de São Pedro e São Paulo.

A tapeçaria foi feita como conjunto para as pinturas de Michelangelo no teto da Capela e são pendurados como cortinas nas paredes.

3---Consegna-delle-ChiaviAEM.jpg
Tapeçaria| Imagem: Vatican News

Leia mais:
A igreja católica nunca será a favor do aborto’, diz padre

A exibição acontece entre os dias 17 a 23 de fevereiro. Depois disso, as obras retornam à Sala Rafael, na área da Pinacoteca dos Museus Vaticanos.

 Fonte: ACI Digital

Compartilhe:

Faça um comentário