Capelão do Santuário de Fátima faleceu enquanto se preparava para Missa
Foto: Província Portuguesa dos Sacerdotes do Coração de Jesus

Padre Carlos Silva, capelão do Santuário de Fátima, em Portugal, faleceu no dia 5 de março, enquanto se paramentava, na Sacristia das capelas do piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, para celebrar a Missa das 16h30.

Segundo informou o Santuário de Fátima, imediatamente, foram chamados os meios de socorro, “tendo sido desenvolvidas várias tentativas de reanimação sem sucesso, acabando por ser declarado o óbito”.

O sacerdote, que era membro da Congregação dos Padres do Coração de Jesus (Dehonianos), estava no Santuário desde 2017 e foi nomeado capelão em 1º de outubro de 2018.

Na manhã da última quarta-feira, 6 de março, o reitor do Santuário de Fátima, Pe. Carlos Cabecinhas, presidiu a Missa em sufrágio por Pe. Carlos Silva, ao celebrar também a Quarta-feira de Cinzas.

Veja também:
Fã de 86 anos realiza sonho de conhecer Padre Fábio de Melo
Antes mesmo do Vaticano, padres e freiras de Itaperuna se destacam no atletismo

Em sua homilia, o reitor invocou a memória do capelão, assinalando que na celebração, rezavam “de forma especial pelo Pe. Carlos Silva”.

Pe. Cabecinhas, então, recordou as palavras do próprio capelão sobre o “mistério da misericórdia de Deus, que nos dá vida nova”.

“Dizia: ‘A misericórdia é amor que vê a miséria alheia e sente como se fosse própria, desejando loucamente irradiá-la da melhor forma possível. É assim que Deus nos ama. Ele olha para a nossa fraqueza e para as nossas falhas… E não só se compadece da nossa miséria, mas intervém ativamente para que nos vejamos livres dela. O amor de Deus, em contato com a nossa miséria, com o nosso pecado, torna-se misericórdia, um amor misericordioso que nos quer libertar da nossa miséria, do nosso pecado e dar-nos uma vida nova’”, recordou as palavras do capelão.

“É a esta experiência da misericórdia de Deus que nos dá uma vida nova que nos convida o tempo quaresmal”, completou o reitor.

Natural de Benguela, Angola, Pe. Carlos Manuel de Carvalho Correia da Silva é filho de Victor Manuel Biscaia Correia da Silva e Maria da Glória Fernandes Correia de Carvalho da Silva.

Entrou para o Seminário de Nossa Senhora de Fátima em Alfragide, em 1º de outubro de 1978, tendo sido ordenado sacerdote a 2 de julho de 1989, por Dom António Ribeiro, Patriarca de Lisboa.

Neste ano, completaria em agosto 60 anos de idade e, em julho, 30 anos de ordenação sacerdotal.

De acordo com o Santuário de Fátima, as exéquias fúnebres de Pe. Carlos Silva serão celebradas nesta quinta-feira, 7 de março, às 14h30, na Igreja da Divina Misericórdia,em Alfragide, onde foi pároco entre 2001 e 2013. O corpo será depois transladado para o Cemitério de Queluz onde ficará junto dos seus familiares.

Fonte: ACI Digital
Compartilhe:

Faça um comentário