reze-para-nossa-senhoraA Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) revela que o bispo da diocese de Yixian, na província de Hebei, na República Popular da China, morreu aos 94 anos na prisão onde se encontrava detido em local secreto.

D. Cosmas Shi Enxiang pertencia à denominada Igreja clandestina ou seja “fiel a Roma” e não era visto há 14 anos, “após a sua detenção em 13 de Abril de 2001”, quando foi “levado para local secreto”, recorda a AIS.

A Fundação pontifícia adianta que a notícia da morte do prelado foi revelada por uma sobrinha-neta que “foi informada do falecimento” por funcionários do governo de Yixian, a 30 de janeiro, mas “desconhece a data e a causa da sua morte”.

O bispo D. Cosmas Shi Enxiang foi detido pela primeira vez em 1954 e “passou por longos períodos” de prisão entre 1957 e 1980.

“Grande parte desse tempo esteve confinado a um campo de trabalhos forçados na província de Heilongjiang e a uma mina de carvão situada em Shanxi”, assinala a AIS.

Em 1982, o prelado foi “ordenado secretamente bispo auxiliar de Yixian”, na província de Hebei, onde a “igreja não-oficial é particularmente ativa”.

D. Cosmas Shi Enxiang nasceu em 1921 e foi ordenado sacerdote em 1947.

Por agencia ecclesia

Compartilhe:

Faça um comentário