Com igrejas fechadas, Papa recorda como receber o perdão sem o sacerdote | Imagem: Reprodução

Papa Francisco recordou a importância do ato de contrição para se ter a graça de alcançar a remissão dos pecados

Diante à pandemia de COVID-19 ao redor do mundo, há a existência de pessoas gravemente doentes e isoladas, assim como famílias que estão de quarentena. A partir disso, surgiu-se o desespero “ como receber o perdão se não posso me confessar com um sacerdote? ”

Durante a homilia na Santa Marta, o Papa Francisco respondeu a pergunta:

“Eu sei que muitos de vocês se confessam para a Páscoa a fim de se reconciliar com Deus. Mas muitos me dirão hoje: “Mas, padre, onde posso encontrar um sacerdote, um confessor? Não se pode sair de casa! E eu quero fazer as pazes com o Senhor, quero que Ele me abrace, que o meu pai me abrace. O que posso fazer se não encontro um sacerdote? ” Você faz o que diz o Catecismo”.

Leia mais:
Padre Reginaldo Manzotti reza missa com fotos dos fiéis

“É muito claro: se você não encontra um sacerdote para se confessar, fale com Deus, ele é seu Pai. Diga-lhe a verdade: “Senhor, eu fiz isso e aquilo. Perdoa-me”. Peça-lhe perdão de todo o coração, com o Ato de Contrição e prometa-lhe: “Depois, eu vou me confessar, mas perdoa-me agora”. E logo você retornará à graça de Deus. Você mesmo pode se aproximar, como o Catecismo nos ensina, do perdão de Deus sem ter um sacerdote. Pensem nisso: este é o momento! E este é o momento certo, o momento oportuno. Um Ato de Contrição bem feito e a nossa alma se tornará branca como a neve”.

O Concílio de Trento, ensina que entre os atos do penitente, a “contrição” ocupa o primeiro lugar. Ela é uma dor da alma e uma reprovação do pecado cometido, com o propósito de não mais pecar no futuro.

Fonte: Vatican News

Compartilhe:

Faça um comentário