Conheça a história da música
Foto: Globo

O Globo Rural fez uma viagem pelo roteiro da música “Romaria”. O repórter José Hamilton Ribeiro acompanhou o autor da canção, Renato Teixeira, em um passeio emocionante pelo interior de São Paulo. Lugares que inspiraram na composição, que é considerada um hino dos romeiros, que não medem esforços para pagar promessas, levando apenas a fé e olhar.

Renato Teixeira é autor de uma canção até simples, mas que se tornou um hino à Nossa Senhora Aparecida e um canto de resgate do caipira, um homem do campo. Renato não tinha ideia que a música ia virar tudo isso. “Eu quis fazer uma coisa sofisticada. Nunca imaginei que fosse se transformar numa canção tão popular. Eu acho que a força dela está exatamente em mexer com um símbolo brasileiros muito forte, que é Nossa Senhora. Era uma canção do romeiro, aquele que vai para Aparecida. Aí você começa a ver como ela penetra no inconsciente coletivo do povo brasileiro.”

Leia também:
Participante do BBB canta música católica no programa e gera polêmica
Ouça nova música de Eliana Ribeiro com participação de Thiago Brado: “Determinada Decisão”

Ele conta como compôs Romaria. “Eu escrevi numa mesinha que eu tinha. Eu gostava de sentar no chão para ficar ali escrevendo. Escrevi com a mão, compus, eu não tinha gravador nessa época para registrar ali, mas gravei na cabeça”. A letra é feita com recursos poéticos e tem até palavras que não estão no dicionário. Para explicar sua intenção na música, Renato aceitou ir aos lugares onde se passa a história de Romaria até chegar à Aparecida.

Romaria tem hoje mais de cem regravações, com nomes importantes da nossa música. Mas uma das gravações mais importantes para Renato é a de Maria Rita, filha de Elis Regina, num show em homenagem à sua mãe. O encontro entre o compositor e Maria Rita foi emocionante e cheio de ternura. “Ela é uma música que mexe muito comigo, com a questão da fé. Eu sempre tive uma relação muito difícil com Deus. Não conseguia entender o Deus que tira a mãe de uma criança. Essa música me aproxima um pouco da minha relação com a fé, da minha relação com o mágico, da minha relação com a minha mãe. Essa música é muito profunda, de verdade pra mim”, relata a cantora.

Assista a reportagem completa aqui.

Fonte: G1
Compartilhe:

Faça um comentário