Estão abertas as inscrições para a 6ª edição do curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Formadores de Seminários e Casas de Formação. O curso proporcionado pela Faculdade Dehoniana tem início previsto para janeiro de 2017. Voltado para padres envolvidos na formação do presbiterado e da vida religiosa masculina, além de iniciantes e experientes no trabalho com vocacionados, a instituição graduou em sua última edição cerca de 30 participantes.

Dentre eles o Padre Irineu Castro de Oliveira, diretor Espiritual do Instituto Teológico Rainha dos Apóstolos em Marília (SP) e formador há cinco anos, que ressalta as expectativas alcançadas. “Eu termino com uma bagagem boa, passei por um curso de dois anos com muito embasamento teórico e com a diversidade e experiência de formadores de vários locais do Brasil.”

A pós atrai interessados de Mato Grosso, Bahia, Maranhão, dentro outros Estados brasileiros, causa da diversidade de experiências dentro de sala de aula. Caso do Pe. Frei José Geraldo Maciel, educador social e padre da Igreja Anglicana Tradicional do Brasil, que veio da cidade de Garanhuns (PE) para participar do curso.

“Tenho orgulho de ter passado por aqui. Desde o primeiro dia fui recepcionado com um carinho muito grande e eu me sinto muito em casa”, afirma o monge que pertence a vertente Anglicana, diferentemente dos demais estudiosos que são da vertente Romana. “É um curso singular, não se parece com nenhum outro e só tem mesmo a ganhar”, ressalta o Frei que levará a bagagem adquirida para passar a diante, sem nenhuma dificuldade.

O Prof. Pe. Osmar Cavaca, coordenador da pós de Formadores desde o início, destaca o sucesso da pós-graduação. “Nunca tivemos menos de 35 alunos, isso prova que o curso está correspondendo. Temos nos dedicado, trazendo os melhores assessores, inclusive do exterior.”

O Curso

Ao longo dos quatro módulos, os alunos passaram pelas cinco dimensões: Humano-Afetiva, Comunitária, Espiritual, Intelectual e Pastoral-missionária. Dentro delas foram desenvolvidos disciplinarmente seis enfoques: Antropologia, Bíblia-Cristologia, Eclesiologia, Psicologia e Pedagogia.

Pe. Osmar Cavaca explica que essas disciplinas olham para a mesma temática com suas próprias visões. “Como a dimensão pastoral acontece em outra realidade, é preciso que nós [formadores] passemos por uma atualização”, disse.

Pe. Irineu Castro de Oliveira afirma que para ensinar é necessário passar pela experiência antes. “Nós precisamos passar pelo processo de formação para poder formar os outros.”

Segundo Pe. Osmar, antigamente era tido como formador aquele que tinha carisma, hoje é crucial uma preparação adequada. “Estamos formando presbíteros do século XXI, e o curso vai ajudar no sentido de que o formador passe a falar a linguagem do seu tempo e também dos jovens, além de abrir novas perspectivas pedagógicas para a formação.”

A pós-graduação é realizada em parceria com a Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB Regional Sul 1), vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Fonte: Dehoniana

Faça um comentário