A conta de energia está vindo muito cara? Separamos algumas dicas para driblar o aumento:

1 – Selo Procel: Ao comprar lâmpadas e eletrodomésticos em geral, o ideal é optar por itens com o Selo Procel de economia de energia (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica).

2 – Se não está usando, desligue: Desligue TV, rádios, videogames e computadores quando ninguém estiver usando esses aparelhos. O ideal é deixá-los fora da tomada em longos períodos sem uso, como durante a madrugada e ao ir para o trabalho.

Veja também: Comprou produtos vencidos? Saiba como agir!

3 – Iluminação: Quando o assunto é iluminação, uma opção é substituir lâmpadas incandescentes por fluorescentes, que permitem uma economia de até 30%, segundo pesquisa feita pela Light.

4 – Vazamentos: Fique atento a vazamentos de água. Quanto maior o consumo de água, maior o consumo de energia elétrica pelo sistema.

5 – Chuveiro Elétrico: Evite o uso de chuveiro elétrico. O ideal é usar chuveiro a gás. De acordo com a Abegás, associação que reúne as empresas de gás canalizado, se todos os clientes no Brasil usassem chuveiro a gás em vez de chuveiro elétrico, seria economizada uma térmica de 500 MW. Cuidado ao regular a chave seletora do chuveiro elétrico. O ideal é desligar o aparelho, secar o piso e usar um calçado com sola de borracha.

6 – Manutenção de Aparelhos: Alguns produtos precisam de atenção especial. É o caso do ar-condicionado. O ideal é limpar o filtro periodicamente e não bloquear a grade de ventilação. No caso da máquina de lavar, o ideal é juntar quantidade suficiente de roupa para fazer tudo de uma única vez.

7 – Horário de Pico: Tente evitar o uso do chuveiro elétrico e de eletrodomésticos como máquina de lavar, ferro de passar e outros itens durante em horários de pico, das 18h às 21h, quando a energia elétrica é mais cara.

8 – Férias e Viagens: Uma dica importante, e pouco lembrada, é desligar geladeiras e equipamentos como TV e computadores durante a viagem das férias.

9 – Muitos aparelhos em uma só tomada: Atenção ao uso benjamins em tomadas. Evite ligar muitos aparelhos eletrônicos no mesmo benjamim, pois podem provocar uma sobrecarga na tomada. Isso pode ocasionar o aquecimento dos fios e riscos de incêndio.

10 – Sensor de presença: Quem mora em casa, pode optar por sensores de presença, impedindo que lâmpadas fiquem ligadas de forma desnecessária. Em residências com bomba d’água, o ideal é evitar o acionamento do equipamento várias vezes ao dia.

Fonte: O Globo.

 

Compartilhe:

Faça um comentário