Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio: Seja esperança na vida de alguém!

No dia destinado a Prevenção do Suicídio, seja esperança na vida de alguém. O seu apoio pode salvar uma vida!

Hoje, dia 10 de setembro, é uma data lembrada, mundialmente, pelo combate ao suicídio. Além disso, é um tipo de chamamento para que as pessoas percebam que podem ser amparadas em momentos difíceis da vida, para que não cheguem a pontos extremos como o suicídio.

Este dia foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde, com o objetivo de prevenir o ato do suicídio. Em torno do mundo, realizam-se cerca de 600 atividades em 70 países com o intuito de salvar vidas. Todos os anos morre um milhão de pessoas por suicídio no mundo, algo em torno de 1 morte a cada 40 segundos. Paralelamente a isso, ocorrem entre 10 a 20 milhões de tentativas de suicídio por ano. Por cada pessoa que morre, outras vinte tentam o mesmo caminho.

A Organização Mundial de Saúde estima que o suicídio é a 13ª causa de morte no mundo, sendo uma das principais entre adolescentes e adultos até aos 35 anos. A taxa de suicídio é maior nos homens do que nas mulheres.

Leia também:
Homilia “sem palavras” em Minas Gerais: o abraço do padre evitou um suicídio

Como católico, o que devo fazer?

Vale lembrar que esse é um problema de saúde pública e consequência de vários fatores difíceis na história de vida da pessoa que opta por esse desfecho. Neste dia pode estender a mão a quem se tenha isolado ou acender uma vela pelas almas perdidas para o suicídio.

Motivos para falar sobre o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

É possível prevenir

Em 90% dos casos, o suicídio por ser evitado. A Campanha ‘Setembro Amarelo’ é uma iniciativa da Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com Associação Médica Brasileira, Conselho Federal de Medicina, Federação Nacional dos Médicos, Sociedade Brasileira de Neuropsicologia, Cruz Vermelha, Centro de Valorização da Vida, Exército Brasileiro e o Ministério Público de São Paulo.

É um problema de saúde pública

Segundo dados da OMS, cerca um milhão de pessoas cometem suicídio por ano. É a principal causa de morte entre jovens de 25 a 35 anos. O suicídio passou a ser tratado como problema de saúde pública em 1990.

8º lugar no ranking

O Brasil é o oitavo país com mais episódios no mundo, mas em número de casos por 100 mil habitantes o país passa a ser o 113.º do ranking mundial. No país é registrada uma ocorrência a cada 45 minutos. O estado do Rio Grande do Sul tem mais casos por habitantes. E o Rio de Janeiro, menos.

Centro de Valorização da Vida

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Se você sente que precisa de ajuda, ligue para o 188.

O suicídio na visão de Papa Francisco

Para Papa Francisco “O suicídio seria como fechar a porta à salvação, mas tenho consciência de que nos suicídios não há plena liberdade. Pelo menos acredito nisso”. Francisco afirma que “não é um momento fácil, mas pensar na morte como fim do caminho é uma realidade, como pensar em Maria cheia de graça é outra realidade”. Nesse sentido, o Papa convidou os fiéis a se entregarem à Virgem Maria no momento da morte. “Pediria a Maria para ficar ao meu lado e me dar paz”, afirmou.

“Conheço alguém que está pensando em cometer suicídio”

Se você suspeita que alguém próximo a você pensa em cometer suicídio, tente se aproximar e:

  • Pergunte se o pensamento existe e em que nível;
  • Se já houve planejamento e como;
  • Procure ouvi-lo atentamente;
  • Tente compreender os sentimentos dessa pessoa;
  • Expressar respeito pelas opiniões e pelos valores dela;
  • Converse abertamente;
  • Demonstre sua preocupação, seu cuidado e sua afeição para com ela;
  • Procure conversa com a família, amigos ou rede de apoio dessa pessoa;
  • Caso a pessoa tenha acesso a métodos suicidas, como armas e remédios, remova-os imediatamente.
  • Oriente e ajude a buscar ajuda na rede de saúde mental de sua comunidade e/ou outros equipamentos e órgãos; CAPS, Posto de saúde, Clínica-escolar, CVV, ONGs e etc.
Fonte: Cartilha Informativa “Suicídio: conhecer para prevenir”

 

Resultado de imagem para Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio cristão

Hoje é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio! Vamos refletir?

 

Setembro
(Para o amigo que desistiu de viver)

Ela desistiu de viver
Ele desacreditou de tentar
Ela esperou e não viu acontecer
Ele desesperou de não poder amar.
Ela tentou e cansou.
Ele parou um pouco para chorar
E nunca mais levantou.
Ela não viu saída
Ele só enxergava a partida
E os dois errando e errantes na vida
Silenciaram o futuro dos seus dias.
Mas nem ele nem ela
Ouviram a novidade
Nem eu apesar da jornada continuada
Porque a novidade fala sempre
Mas às vezes, a voz abafada,
Sussurra dentro de nós.
A novidade é a esperança
Que é flor e fruto.
A novidade sabe tudo
O que nós achamos que nunca se revelará.
A novidade se impõem no tumulto
E não há túmulo capaz de enterrar.
A novidade não mora lá
Onde lutamos para chegar
Onde esperamos nos realizar
Onde seremos felizes quando nos alcançar.
A novidade é outro lugar de ser feliz.
Não é lá.
É aqui.
A novidade é a vontade teimosa
De insistir quando tudo nos diz para desistir.
A novidade é a própria razão
De continuar
Porque a novidade é a própria felicidade de existir!

Texto escrito por Augusto Cezar Cornelius, com toda a sensibilidade doada a alguém que deu fim à própria vida.

Leia também:
Papa Francisco fala sobre o suicídio e a misericórdia de Deus

Por Redação Catholicus

Faça um comentário