Os Museus Vaticanos se uniram à iniciativa ‘Arte Vermelha’ para estimular a doação de sangue.

Divulgar em todo lugar que a falta de sangue é uma emergência crônica para os hospitais e conscientizar os cidadãos para a doação de sangue é o objetivo do evento que envolve os Museus Vaticanos, o Policlínico e Capelania Tor Vergata e a associação de voluntariado ‘Na ponta dos pés’.

Os doadores que se apresentarem ao Centro de Transfusão do Policlínico Tor Vergata receberão um vale pessoal para uma entrada nos Museus Vaticanos. Com esse vale a pessoa não irá fazer fila e pagará o valor especial de 4 euros. O vale deve ser utilizado até 31 de dezembro deste ano.

A iniciativa ‘Arte Vermelho’ quer ser um atestado de gratidão para com aqueles que, com um ato de senso cívico profundo e solidário, periodicamente, anonimamente e responsavelmente doam sangue.

O projeto será apresentado na próxima quinta-feira (07/04), às 15h30 locais, na sala de conferências dos Museus Vaticanos pelo Diretor dos Museus Vaticanos, Prof. Antonio Paolucci, e pelo Diretor do Centro de Transfusão do Policlínico Tor Vergata, Dr. Gaspare Adorno.

Com tal iniciativa, as instituições envolvidas pretendem reconhecer na cultura a sensibilidade que as pessoas mostram submetendo-se à doação de sangue e lembrar as palavras do Papa Francisco proferidas durante o Jubileu dos Doadores de Sangue: “As suas ações são sinal de zelo, de uma fantasia na caridade que vem de um coração que pulsa, cujo motor é o amor pelo ser humano em dificuldade”. Essas palavras do pontífice sugerem a doação de sangue, neste Ano Jubilar, como obra de misericórdia corporal. Doar o plasma indica uma atenção real e eficaz ao próximo. Um dom que realmente salva a vida.

“É bonita esta aliança”, disse Antonio Paolucci, “entre o sangue que gera e alimenta a vida e a arte que nos dá consolo e felicidade. Como diretor dos Museus Vaticanos estou orgulhoso de hospedar uma iniciativa que, com o nome bem escolhido de ‘Arte Vermelha’, favorece a doação do líquido mais precioso do mundo e o conhecimento privilegiado do museu mais ilustre e emocionante de Roma”.

Ao primeiro grupo de doadores será oferecida uma visita às coleções dos Museus do Papa.

Fonte: Rádio Vaticano

Compartilhe:

Faça um comentário