Dom João Justino de Medeiros é o novo arcebispo de Montes Claros (MG)
Foto: CNBB

Nomeação aconteceu juntamente com o pedido de renúncia ao governo pastoral de Montes Claros, apresentado por Dom José Alberto Moura

O Papa Francisco aceitou na manhã desta quarta-feira, 21, o pedido de renúncia ao governo pastoral da Arquidiocese de Montes Claros, no Estado de Minas Gerais, apresentando por Dom José Alberto Moura, por motivo de idade. Na sequência, nomeou o coadjutor, Dom João Justino de Medeiros Silva como arcebispo da Arquidiocese.

Nascido em 22 de dezembro de 1966, Dom João Justino é natural de Juiz de Fora (MG), onde foi ordenado sacerdote em 13 de dezembro de 1992. Foi nomeado bispo auxiliar de Belo Horizonte em 21 de dezembro de 2011, e recebeu a ordenação episcopal em 11 de fevereiro de 2012.

Em 2017, o Papa Francisco o nomeou como arcebispo coadjutor de Montes Claros (MG). Atualmente, é presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Também foi eleito presidente da Comissão Episcopal para a Educação do regional Leste 2 da CNBB.

Veja também:
Marcha pela Vida em 2 de dezembro: o Brasil contra o ativismo judicial
Papa Francisco receberá no Vaticano mais de 8 mil músicos

Em março de 2016, foi escolhido como membro da Comissão de Cultura e Educação do Setor Universidades do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam) e se tornou responsável pelas pastorais de Educação e Cultura no Cone Sul.

Agradecimento

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou nesta terça-feira, 21, um texto de agradecimento a Dom José Alberto Moura, reconhecendo os serviços prestados pelo bispo à Igreja.

Assinada pelo Cardeal Sergio da Rocha, Presidente da CNBB, Dom Murilo S. Krieger, Vice-presidente da CNBB, e Dom Leonardo Steiner, Secretário-geral da CNBB, a carta aberta ao público recordou o lema episcopal de Dom José Alberto e sua trajetória em Montes Claros.

“Agradecemos a Deus que nos deu a alegria de ser testemunhas do seu itinerário de serviço marcado pela dedicação. (…) Agradecemos sua dedicação e o seu trabalho em Uberlândia (MG) como bispo coadjutor de 1990 a 1992 e como bispo diocesano de 1992 a 2007, além de todo o tempo como arcebispo de Montes Claros, desde esta época”, declararam o presidente, vice-presidente e secretário-geral da CNBB.

Saudação

Além do agradecimento a Dom José Alberto, a CNBB divulgou uma saudação a Dom João Justino de Medeiros Silva, novo arcebispo de Montes Claros (MG). No texto, também assinado pelo presidente, vice-presidente e secretário-geral da CNBB, a Conferência manifestou alegria pela nomeação, e gratidão ao Papa pela atenção para com a Igreja no Brasil.

“Desde o mês de maio de 2017, a Igreja Particular de Montes Claros já o tem como arcebispo coadjutor e esse tempo, naturalmente, foi dado pela Divina Providência para que o senhor conhecesse a missão que a Igreja reservava para lhe apresentar. Saudamos sua nomeação (…). Desejamos que a missão dada traga muita alegria para o coração do senhor, enviamos nosso abraço a todas as comunidades da arquidiocese de Montes Claros e oferecemos nossas preces pelo seu ministério”, lê-se na carta aberta ao público, direcionada a Dom João Justino.

Fonte: Canção Nova

Faça um comentário