Arcebispo do Rio é assaltado pela segunda vez em menos de um ano

O cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, foi vítima de um assalto na Zona Norte do Rio, por volta das 21h30 deste domingo (5). Esse é o segundo assalto que o religioso foi vítima em menos de um ano.

 

 

O cardeal estava no carro com o motorista e um casal de amigos, quando foi surpreendido por quatro criminosos armados no viaduto de Quintino, que renderam o grupo e roubaram o carro. Dom Orani voltava de uma missa em Campo Grande, na Zona Oeste.

Em setembro do ano passado, o arcebispo foi roubado em Santa Teresa, no Centro do Rio, quando estava no carro com o motorista, um fotógrafo e um seminarista, quando foi rendido por três criminosos que roubaram o anel, o cordão e o crucifixo do cardeal. Os ladrões, no entanto, abandonaram boa parte do que tinham roubado.

Criminoso desistiu de roubar o carro
Um dos assessores do cardeal contou que o assalto ocorreu por volta de 20h30. O carro em que Dom Orani seguia foi fechado por outro veículo. Um dos assaltantes apontou a arma para o cardeal e exigiu que todos entregassem seus pertences.

Segundo o assessor, o assaltante reconheceu Dom Orani e pediu desculpas pela ação criminosa, mas não desistiu de concluir o roubo. Ele recolheu anel, cordão, crucifixo, caneta e telefone do arcebisbo, a mochiça e o paletó do motorista, a batina do seminarista e todo o equipamento fotográfico do fotógrafo.

Ainda segundo o assessor, o criminoso teria demostrado a intenção de levar o carro da Arquidiocese, mas desistiu depois de reconhecer o cardeal. Ninguém foi ferido na ação.

 

 

Via G1

Compartilhe:

Faça um comentário