Abby sofreu um aborto espontâneo e postou a foto do seu embrião de 7 semanas por uma grande razão

No dia 28 de fevereiro, a ativista pró-vida Abby Johnson (antiga funcionária de uma clínica abortiva) publicou no seu Facebook uma imagem que, por si só, é um argumento contra o aborto: um embrião de 7 semanas. Na foto, é possível observar perfeitamente seus olhos, braços e pernas.

A fotografia foi enviada a Abby por uma mulher que sofreu um aborto espontâneo, e estava acompanhada pela seguinte mensagem:

“Sofri um aborto espontâneo no Domingo de Ramos do ano passado. Pensamos que seria um menino e lhe demos o nome de David Raphael. Com 11 semanas de gestação, o médico me disse que meu filho havia morrido um mês antes (às 7 semanas de gravidez); naquele momento, eu só pedi uma coisa em oração: que tivesse algo para enterrar.

aborto

O médico disse que ele seria pequeno demais e difícil de encontrar ou que, pelo menos, seu frágil corpinho acabaria destruído durante o processo de aborto, e não sobraria nada.

O aborto aconteceu no Domingo de Ramos. A bolsa estava intacta e ele ainda flutuava no líquido amniótico. Acho que esta é uma foto surpreendente para mostrar a quem está pensando em abortar. Mesmo tendo apenas 7 semanas quando morreu, é possível ver seus bracinhos e perninhas em formação.

Meu filho de 4 anos encontrou a foto ao mexer no meu celular há alguns dias. Veio até mim e me perguntou quem era esse bebê. Até uma criança considera que, às 7 semanas, um embrião é uma pessoa.”

A imagem se tornou viral, recebendo mais de meio milhão de likes em apenas 2 dias.

Por religionenlibertad e aleteia

Compartilhe:

Faça um comentário