Você pode perguntar: eu não posso mais fazer oração de intercessão? Pode rezar, mas o que você não pode é oferecer o mérito. Pois o mérito de tudo de bom que você faz pertence agora a Maria. O que você pode fazer é pedir, sugerir, dizer: Mãe, lembra fulano, do ciclano, do beltrano. Você pode interceder, só que sua propriedade não é mais sua, sua conta bancária não é mais sua, você não dispõe mas das coisas.

Conheça o CONASPAR – Congresso Nacional de Secretários Paroquiais

Como entregar os bens materiais e espirituais a Virgem Maria? Como viver essa pobreza, própria da consagração?

Esse Tratado é meu, eu vou perguntar: o que a Virgem Maria quer que eu faça com esse Tratado? Tudo é dela, e ela vai dizer o que eu devo fazer. É a pobreza total e ao entregar tudo nas mãos dela, nos modelamos conforme o coração de Cristo. Vejam que, no final, Ele será tudo em todos. A espiritualidade mariana é extremamente cristocêntrica. Cristo está no centro de tudo, porque Ele é a razão de tudo. Nós nos entregamos, para que ela gere Cristo em nós.

Assine a Revista Paróquias e receba em casa material sobre Gestão Eclesial

Para o caminho da consagração existem duas coisas. As práticas exteriores e as práticas interiores. A primeira coisa que você tem que fazer é ler o Tratado. Quanto às práticas exteriores, ou seja, as orações de preparação, você pode ter acesso no site consagrate.com. As práticas interiores, que é a parte mais importante da consagração, consiste em entregar tudo a Maria. Não espere fazer a consagração para entregar as coisas a Virgem Maria. Você pode perguntar: será que eu vou dar conta de viver? Meu irmão, ela é Mãe.

Você nunca pisou na bola com a sua mãe? Ela perdoa. Você não precisar ter medo da sua Mãe, se aproxime dela. Deixe ela fazer e entrega tudo o que ela que ela quiser, do jeito que ela quiser, porque ela é instrumento dócil, então ela fará em nós o que Deus quer. Vá entregando tudo, os bens materiais, as realidade afetivas, o seu amor, as pessoas que você ama, as pessoas que você não ama o suficiente, aquelas mágoas que você tem, os inimigos que você tem, entrega tudo na mão dela. Esposa, esposa, pai, mãe, filhos, filhas, parentes, amigos, entrega tudo nas mãos de Nossa Senhora, ela é que sabe.

Você vai fazendo a sua parte também, é claro. Depois, os bens espirituais, as orações, os sacrifícios, os oferecimentos, tudo isso você vai entregando tudo na mão dela. Você vai se preparando. Não espere a consagração, mas entregue já. Se você pisar na bola, confessa e continua a se preparar. Bate a poeira e levanta. Ou você vai ficar parado? Não, nós nascemos para o Céu, nós nascemos para Deus. Não tenha medo de se consagrar.

[Você conhece a ExpoCatólica?!]

Fonte: Nossa Senhora Cuida de Mim
Compartilhe:

Faça um comentário