Você pode emprestar seus olhos a um deficiente visual.

BANNER CRUZAlgumas das coisas mais simples que fazemos rotineiramente podem não ser tão fáceis para quem possui problemas visuais: ler o rótulo de um medicamento, a validade de um produto ou o conteúdo de uma carta.

Para ajudar estas pessoas, o dinamarquês Hans Jorgen Wiberg criou o aplicativo gratuito Be My Eyes, através do qual voluntários podem emprestar sua visão para quem necessita.

Para fazer parte desta rede mundial de solidariedade, é muito fácil e rápido. O app, que inicialmente só funciona no sistema iOS, pode ser baixado na App Store. Depois de feito o download e o cadastro (basta simplesmente fornecer nome, e-mail e permitir que o aplicativo tenha acesso ao microfone e à câmera do iphone ou ipad),o voluntário recebe chamadas de deficientes que precisam de auxílio.

O Be My Eyes funciona com voz e vídeo ao vivo, assim é possível para o deficiente mostrar o que ele quer ler. Voluntário e deficiente precisam estar online, com uma conexão de internet ou 3/4G de boa qualidade. Caso no momento da chamada o voluntário não possa responder à ligação, o sistema a encaminha automaticamente para outro usuário do app.

be-my-eye-app-625

Até agora já estão cadastrados no aplicativo 66 mil voluntários e 5 mil deficientes visuais. Dez mil chamadas de ajuda foram realizadas com sucesso. “Espero que esta comunidade online consiga fazer a diferença na vida de pessoas cegas em todo mundo”, disse Wiberg.

Leia também
É grande o número de empresas e entidades que reservam estandes para próxima ExpoCatólica

O aplicativo já foi premiado na Dinamarca como “the most innovative idea”. Be My Eyes ainda está sendo utilizado principalmente por pessoas que falam inglês. Mas pode ser utilizado em qualquer país.

Por Super Interessante

Compartilhe:

Faça um comentário