Faleceu, segunda-feira à noite, em Roma, D. Javier Echevarría, segundo sucessor de São Josémaria Escrivá de Balaguer, fundador do Opus Dei e Grão Chanceler da Pontifícia Universidade da Santa Cruz.

O governo da prelatura passa agora ao vigário auxiliar, D. Fernando Ocáriz, ao qual compete convocar dentro de um mês, um congresso eleitoral encarregado de eleger um novo prelado. O Congresso deverá ser feito no espaço de três meses e a eleição terá de ser confirmada pelo Papa.

D. Javier Echevarría tinha 84 anos de idade, era espanhol e conhecera directamente o fundador da Opus Dei, de que fora secretário de 1953 a 1975, ano em que foi nomeado Secretário Geral da Opus Dei. Em 1994 foi eleito prelado, tendo sido sagrado bispo pelo Papa João Paulo II a 6 de Janeiro de 1995 na Basílica de São Pedro.

O Papa manifesta, através de um telegrama, o seu profundo pesar a toda a Prelatura e dá graças a Deus pelo paterno e generoso testemunho de vida sacerdotal e episcopal de D. Echevarría que, tal como os seus dois predecessores na Obra, entregou a sua vida num constante serviço de amor à Igreja e às almas.

O Papa eleva a Deus um fervente sufrágio por este Seu servidor pedindo ao Pai do Céu para o acolher na vida eterna. Confia-o igualmente à protecção de Nossa Senhora de Guadalupe, em cuja festa entregou a sua alma ao Senhor .

Fonte: Rádio Vaticano
Compartilhe:

Faça um comentário