Reconhecida como Patrimônio Imaterial do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Festa do Bonfim é um dos ícones do valorizado calendário de eventos da Bahia – capaz de agregar fé e folia. “A forte presença de baianos e turistas durante todo o cortejo, renova o vigor desta manifestação popular há quase 300 anos”, afirmou o secretário estadual do Turismo, José Alves.

O secretário integrou a comitiva do governador Rui Costa em ato ecumênico realizado em frente à Igreja da Conceição da Praia. Logo após, seguiu em caminhada até a Igreja do Senhor do Bonfim.

A festa acontece no momento em que a taxa de ocupação na rede hoteleira de Salvador está em alta. “A Lavagem do Bonfim é o ponto alto do turismo religioso na Bahia e demonstra a preferência dos turistas pela capital baiana”, assinalou José Alves. “Atrai visitantes do Brasil e exterior, razão pela qual tem destaque no calendário de eventos da Bahia, elaborado pela Setur e Bahiatursa”.

O calendário de eventos é ferramenta importante como subsídio aos turistas que desejam planejar as suas viagens com informações de qualidade e integradas sobre os eventos na Bahia.  No âmbito das políticas públicas de desenvolvimento e promoção do turismo, o calendário é estratégico para promoção e marketing. “Nossos objetivos são o de fortalecer o destino Bahia e ampliar a permanência do turista”, concluiu o secretário.

Fonte: Jornal Dia Dia

Faça um comentário