É preciso ter consciência da importância do atendimento dos secretárias e secretários não só para a paróquia, mas principalmente para o pároco, pois eles atuam como uma extensão, são o “braço direito” do padre.

Quando falamos em atendimento paroquial a primeira coisa que nos vem a cabeça é a ambiente e o espaço da secretaria, pois logo lembramos da secretária ou secretário da paróquia. Atribuímos a este profissional (assim como em vários lugares onde somos atendidos) uma imagem positiva ou negativa daquilo que seria o atendimento paroquial.

Conheça o CONASPAR – Congresso Nacional de Secretários Paroquiais

Infelizmente não é comum encontrarmos padres ou responsáveis pela paróquia  preocupados com a formação desses profissionais. Muitas vezes eles se mostram irritados com o atendimento que é prestado na secretaria, principalmente quando não é realizado dentro dos padrões mínimos de qualidade que os paroquianos precisam. Mas perguntamos: qual o investimento está sendo feito para esses profissionais? Que tipo de formação tiveram ao assumir a secretaria? Com que frequência participam de cursos de aperfeiçoamento e melhoria no atendimento?

É importante lembrar e, principalmente, ter consciência da importância desses profissionais não só para a paróquia, mas principalmente para o pároco, pois eles atuam como uma extensão e muitos dos secretários e secretárias são o “braço direito” do padre. Então, é mais do que justo e necessário que esses profissionais recebam periodicamente cursos de aperfeiçoamento e melhoria na qualidade de atendimento aos fiéis e assessoria ao pároco.

4 técnicas adotadas para formação dos profissionais em secretaria paroquial

1. É importante que no treinamento das secretárias e secretários se trabalhe com um bom entendimento em relação ao público que eles atendem;

2. As secretárias (o) trabalham com e para as pessoas que formam a paróquia, ou seja, são os fiéis e de certa forma, retratam uma imagem da comunidade;

3. Desenvolva técnicas de secretariado, pois essa é uma das suas maiores atribuições: auxiliar o pároco na sua agenda e nos compromissos pessoais e religiosos;

4. É fundamental que o pároco tenha total confiança em sua secretária ou secretário, pois ele está confiando a esses profissionais as anotações e agendamento de seus compromissos.

Obs: conheço padres que em algum momento, por não contar com pessoas preparadas e treinadas para essa função, têm os seus compromissos totalmente comprometidos.

Para termos uma melhor ideia do que estamos refletindo, outro dia ouvi um padre que se irritou porque quando estava na secretaria, um fiel ligou perguntando se na secretaria paroquial vendia bíblias, e a secretaria disse simplesmente que “não”. O padre, então, a questionou sobre a possibilidade de dispor ali, do telefone de algumas livrarias religiosas e fornecê-los para que a pessoa pudesse adquirir a sua bíblia. Outro padre me disse estar tão preocupado em conseguir atender o povo com mais qualidade, que estava pensando em contratar mais uma secretária para o atendimento porque sentiu a necessidade de abrir a secretaria aos domingos. Ele percebeu que os fiéis que trabalhavam durante a semana não dispunham desse atendimento e é no fim de semana que essas pessoas podem se aproximar mais da paróquia.

Esses são alguns simples exemplos do que se pode desenvolver em uma secretaria com relação à melhoria do atendimento prestado aos fiéis.

A preocupação com a formação e melhoria do atendimento na secretaria paroquial devem ser uma constante, esta é a porta de entrada para muitas pessoas que desejam conhecer a vida da paróquia e seus serviços.

Então, é bom que se faça uma reflexão e um estudo de como está o atendimento na secretaria de sua paróquia e como ele pode ser mantido ou implantar melhorias. Se for preciso contrate uma consultoria com profissionais que prestam esse tipo de serviço com exclusividade para as paróquias.

Romério de Mello Santana é Formado em Administração de Empresas com ênfase em Gestão Comercial, Pós-Graduando em Gestão de Pessoas e Gerente da Livraria Paulus no Recife/PE.

Contato: [email protected]

 

Compartilhe:

Faça um comentário