Hoje é celebrada a solenidade de Nossa Senhora, Mãe da Companhia de Jesus | Imagem: Reprodução

Nossa Senhora foi a protetora da Companhia de Jesus, instituição religiosa dos Jesuítas

Todo dia 22 de abril, desde 1541, a Igreja Católica celebra a festa da Mãe da Companhia de Jesus. A solenidade começou no dia em que os primeiros Jesuítas fizeram os votos diante da imagem de Nossa Senhora, na Basílica romana de São Paulo Extramuros.

Leia mais:
JMJ em Lisboa é adiada para 2023 devido o coronavírus

A Companhia de Jesus, nada mais é, do que a ordem religiosa dos Jesuítas, padres que saíram em missão para catequizar povos que ainda não eram convertidos ao catolicismo. A partir de seus votos de pobreza, castidade e obediência realizados perante a imagem da Virgem Maria, Nossa Senhora foi considerada a mãe da Companhia evangelizadora.

“Depois de dizê-las, comungou recebendo o Corpo de Cristo. Quando terminou de consumir, colocou as cinco hóstias consagradas na patena e se voltou para seus companheiros. Cada um tomou o texto dos votos em sua mão e disse em voz alta as palavras. Quando o primeiro terminou, recebeu o Corpo de Cristo. Em seguida, por turnos, os demais fizeram o mesmo. A missa aconteceu no altar da Virgem, no qual estava reservado o Santíssimo Sacramento” – contou Santo Inácio de Loyola, um dos fundadores da Companhia.

Leia mais:
Mais de 100 padres já morreram de coronavírus na Itália

Alguns meses depois, em 27 de setembro de 1540, os padres tiveram a autorização do Papa Paulo III para começar suas obras de evangelização e representar a Igreja Católica em outros continentes.

Fonte: ACI Digital 

Compartilhe:

Faça um comentário