Hoje é celebrado São Marcelo, Papa
Foto: Divulgação

Na série de Pontífices, o Papa Marcelo ocupa a posição número 30. Foi o Vigário de Cristo na terra durante um ano: de 308 a 309. Era um dos mais corajosos sacerdotes de Roma na terrível perseguição de Diocleciano nos anos 303 a 305.

Incentivava todos a permanecerem fiéis ao cristianismo embora os martirizassem. Eleito Sumo Pontífice, dedicou-se a reorganizar a Igreja que estava muito desorganizada, por já tinha 4 anos que o último Pontífice, São Marcelino, havia morrido.

Era um homem de caráter enérgico, embora moderado, e se dedicou a voltar a edificar os templos destruídos na perseguição anterior. Dividiu Roma em 25 setores e nomeou um presbítero ou pároco a frente de cada um.

Muitos cristãos tinham renegado a fé, por medo na última perseguição, mas desejavam voltar a pertencer á Igreja.

Veja também:
Papa Francisco: mesmo com o pontificado na corda bamba, o Papa continua desafiando a Igreja e o mundo
Quando Cristo voltará?

O Papa Marcelo, apoiado pelos melhores sábios da Igreja, decretou que aqueles que desejavam voltar à Igreja tinham que fazer algumas penitências por ter renegado a fé durante a perseguição.

Muitos aceitaram a decisão do Pontífice, mas alguns promoveram tumultos contra ele e até mesmo o acusaram diante do Imperador Maxêncio, o qual, abusando de seu poder que não lhe permitia interferir nos assuntos internos da religião, expulsou o Pontífice de Roma.

Segundo o “Livro Pontifical”, o Papa Marcelo se hospedou na cada de uma leiga muito piedosa de nome Marcela e, deste local, seguiu dirigindo os cristãos.

Ao ficar sabendo disse, o Imperador obrigou o Pontífice a realizar trabalhos forçados nas cavalarias e estábulos imperiais que foram transferidos a esta zona.

O Papa faleceu no ano 309.

Fonte: ACI Digital

Faça um comentário