Hoje é dia de Santa Catarina Tekakwitha, primeira santa indígena americana | Imagem: Reprodução

Santa Catarina é considerada a padroeira da natureza e ecologia junto com São Francisco de Assis

Hoje,17 de abril, a Igreja Católica celebra o dia de Santa Catarina Tekakwitha, considerada a primeira santa de pele vermelha dos Estados Unidos. Ela nasceu 1656 em Auriesville, mesmo perante a oposição, não negou a sua fé até o fim e suas últimas palavras foram “Jesus eu te amo”.

Seus pais morreram quando ela tinha apenas quatro ano, como vítimas da epidemia de varíola. Pela mesma doença, a santa teve seu rosto desfigurado e a visão seriamente danificada e passou a ser criada por seus tios.

Leia mais:
Papa reza pelos farmacêuticos e ressalta a importância desses profissionais

Aos 11 anos, conheceu a fé cristã através dos missionários Jesuítas que chegaram até o seu povo. Então aceitou rapidamente o cristianismo, porém só foi batizada aos 20 anos. Por enfrentar a oposição de sua família que era contra a sua conversão, Catarina precisou fugir até que se refugiou em algumas comunidades cristãs no Canadá.

Sua primeira comunhão foi realizada no natal e sempre manteve intensa devoção ao Bendito Sacramento. A vida de Santa Catarina Tekakwitha foi curta, faleceu na Semana Santa de 1680 com apenas 24 anos. Após sua morte, o povo desenvolveu imediatamente uma grande devoção por ela.

Leia mais:
Igrejas fechadas? Um novo templo de Deus em cada lar

De acordo com a tradição, as feridas que a santa possuía no rosto desapareceram quando ela faleceu e os enfermos que foram ao seu funeral foram curados. Santa Catarina foi beatificada em 1980 por São João Paulo II e canonizada pelo Santo Padre Emérito Bento XVI, em outubro de 2012.

Fonte: ACI Digital

Compartilhe:

Faça um comentário