Hoje é dia de Santa Gianna, padroeira das mães, médicos e crianças por nascer| Imagem: reprodução

Santa Gianna deu sua vida para dar à luz a seu bebê

Formada em medicina,nasceu em 1922 em Milão e desde nova Gianna Beretta Molla, seguiu uma vida cristã, em profunda dedicação contra o pecado mortal e sempre devota da Virgem Maria. Era famosa por se preocupar não só com o corpo de seus pacientes, mas sim com a “alma imortal”, querendo que os médicos fossem profissionais honestos e de fé.

Em casos de possibilidade de aborto, a doutora sempre incentivava suas pacientes a terem o bebê e zelarem pela gravidez como um dom de Deus. Após seu casamento, teve com seu marido três filhos até que na quarta gravidez passou por sérias complicações devido o surgimento de um tumor localizado no útero, mas como cristã, assim como incentivava as grávidas que atendida, Gianna negou o aborto proposto por outros médicos.

Leia mais:
Mês Mariano: Papa propõe duas orações dedicadas a Maria para maio

Durante toda a gestação, a santa pediu que se priorizasse a vida do bebê, antes do parto afirmou:

“Se tiverem que escolher entre minha vida e a da criança, não tenham dúvida; escolham – exijo-o – a sua. Salvem-na”.

Leia mais:
Encontrada oração que pedia a intercessão de Maria durante a gripe espanhola, confira

Deu à luz em 21 de abril de 1962, mas não se recuperou e dizendo as palavras “Jesus eu te amo”, faleceu aos 39 anos. Sua canonização aconteceu em 2004 e foi concedida por São João Paulo II em 2004.

Fonte: ACI Digital 

Compartilhe:

Faça um comentário