imagens expostas são destruídas por homem

Na noite do dia 30 de dezembro, um homem de aproximadamente 30 anos invadiu a igreja de Santa Cecília, em Santa Cecília do Pavão (PR), e destruiu todas as imagens que estavam expostas, inclusive a que fica no exterior do templo.

#ParoquiaSantaCeciliaPor uma sociedade mais humana. Amor, respeito e solidariedade neste momento. 💒Rezemos pela…

Posted by Diocese de Cornélio Procópio on Sunday, December 31, 2017

De acordo com a imprensa local, o indivíduo quebrou uma janela da Paróquia Santa Cecília por volta das 20h30 e entrou na igreja, onde destruiu as imagens que estavam no interior. Em seguida, subiu ao topo do templo e destruiu a imagem que fica próxima ao sino.

Leia também:
Entra em vigor o decreto que proíbe bebidas alcoólicas em eventos da igreja católica
Padre assume paternidade de menina e continua exercendo suas funções

Após destruir as imagens, o homem foi detido pela Polícia Militar (PM), mas não teve seu nome divulgado. Em seguida, foi encaminhado ao Hospital Santa Casa de Cornélio Procópio.

Ao site odiario.com, a PM informou que o sujeito aparentava estar em surto e não apresentava sinais de embriaguez. Segundo a polícia, o indivíduo disse que “Deus tinha pedido para que ele fizesse aquilo”.

Após o ocorrido, a Diocese de Cornélio Procópio, à qual pertence a Paróquia de Santa Cecília, expressou sua solidariedade e convocou todos a rezar “pela comunidade que passou por essa turbulência”.

Em uma publicação no Facebook, a Diocese pediu “por uma sociedade mais humana”. “Amor respeito e solidariedade neste momento”.

“Que Deus abençoe todos de nossa Diocese, principalmente após esse ataque triste em Santa Cecília do Pavão”, acrescentou.

As imagens da destruição causada pelo homem também foram divulgadas pelo prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos, que classificou o ato como “lamentável”.

Lamentável!!! Nossa Padroeira Santa Cecília é atacada e as demais imagens da Igreja católica todas destruídas.

Posted by Edimar Santos on Saturday, December 30, 2017

A publicação logo alcançou grande repercussão nas redes sociais, com manifestações de tristeza diante do ocorrido, mas também reafirmando a fé.

“Nossa igreja foi mais uma vez destruída, mas a igreja que habita dentro de nós essa não pode ser destruída pelas mãos humanas, porque foi fundada pelo alicerce de nosso Senhor Jesus Cristo, vamos nos unir novamente e reconstruir cada imagem se Deus quiser”, comentou uma internauta.

Fonte: ACI Digital

Faça um comentário