Eucaristia é Profanada durante assalto em igreja católica

No domingo, 8 de abril, um grupo de desconhecidos assaltou a paróquia de São Fernando Rei, no estado de Tabasco (México) e profanou o Santíssimo Sacramento ao jogar as hóstias consagradas no chão, para roubar a âmbula.

Segundo informações da Diocese de Tabasco, os delinquentes “entraram violentamente” durante a madrugada na paróquia de São Fernando Rei, na cidade de Macuspana.

Leia também:
Pe. Zezinho: “Nossa Igreja não precisa da deturpação nem da avacalhação”
Você está deprimido ou triste? Reze esta oração do Padre Pio

Em um comunicado, indicaram que os ladrões roubaram “alguns objetos de valor que estavam no templo. Profanaram o Santíssimo Sacramento que estava no Sacrário da comunidade, jogando as hóstias consagradas no chão, a fim de levar com eles as âmbulas”.

Depois de descobrir o crime, o pároco, Pe. Rosalino da Cruz Ascencio, junto com os fiéis, realizou um às 11h “um ato de desagravo através das Quarenta Horas ante o Santíssimo Sacramento”, presidido pelo vigário pastoral, Pe. Roberto Cruz Vital.

Do mesmo modo, assinalou que o Bispo de Tabasco, Dom Gerardo de Jesus Rojas Lopez, pediu a todos os sacerdotes, consagrados e leigos da diocese para que rezassem uma Hora Santa como um ato de reparação na quinta-feira, 12 de abril.

“Este triste sacrilégio deve mover as nossas consciências e a nossa responsabilidade pastoral, a fim de promover mais efetivamente o cuidado do Santíssimo Sacramento em nossas comunidades e templos paroquiais. Aproveitemos este momento para renovar a nossa devoção eucarística”, manifestaram.

As autoridades locais estão investigando o caso.

Um relatório elaborado pelo Observatório Cidadão de Tabasco revelou que em 2017 ocorreram mais de 10 mil roubos violentos no estado.

“O estado de Tabasco ocupa o primeiro lugar em um ranking que mede a violência no México para 5 delitos: Sequestro, roubo com violência, roubo a lojas e negócios, assalto a pedestres e roubo de animais domésticos”, indicou à Televisa a Diretora de Análise e Estatística do Observatório Cidadão de Tabasco, Julia Arrivillaga.

Fonte: ACI Digital

Faça um comentário