Em Sri Lanka, Igrejas Católicas são fechadas por medo de ataques terroristas
Igreja afetada por ataque terrorista no Sri Lanka Foto: Divulgação

Em Sri Lanka, os responsáveis informaram que todas as Igrejas Católicas do país permanecerão fechadas. Por enquanto não serão realizados serviços devido ao medo de novos ataques terroristas como os ocorridos no dia 21 de abril, quando os cristãos celebravam a Ressurreição de Cristo.

Igrejas Católicas fechadas

Atendendo ao “conselho das unidades de segurança, manteremos todas as igrejas fechadas”, indicou à agência AFP um alto funcionário da Igreja no Sri Lanka.

Após os atentados terroristas ocorridos no Domingo de Páscoa em duas igrejas católicas, um templo evangélico e quatro hotéis no Sri Lanka, que causaram a morte de pelo menos 359 pessoas, ordenaram que todas as igrejas católicas permaneçam fechadas. Dessa forma, foram suspensos os serviços até que a segurança melhore.

“Não haverá nenhuma missa pública até novo aviso”, expressaram. Por outro lado, o governo indicou que reforçaram a segurança em todas as igrejas do país.

Veja também:
Novo apelo do Papa: oração e solidariedade ao povo do Sri Lanka
Van bomba explode perto de igreja atacada no Sri Lanka

Os ataques terroristas

As igrejas católicas afetadas após a explosão de bombas foram a igreja de Santo Antônio, um dos santuários mais representativos do catolicismo, situado na cidade de Colombo, e a igreja de São Sebastião, localizada em Negombo.

Segundo a agência EFE, a pedido do presidente Maithripala Sirisena, as autoridades disponibilizaram cerca de 4 mil soldados em todo o país. O número inclui controles nas estradas, inspeções de veículos e patrulhas a pé, entre outros.

O Estado Islâmico (ISIS) reivindicou a autoria dos atentados no Sri Lanka, que deixaram quase 360 ​​mortos e cerca de 500 feridos nas explosões cometidas em diferentes lugares, incluindo igrejas e hotéis cinco estrelas em Colombo. O país realizou um dia nacional de luto em 23 de abril.

Os atentados terroristas ocorreram no domingo, 21 de abril, quando se celebrava o Domingo da Ressurreição, a data mais importante para o cristianismo em todo o mundo.

Com informações de Front Católico

Faça um comentário