‘Desafio do ovo na cabeça’ segue moldes do ‘desafio do balde de gelo’.
Ideia é arrecadar dinheiro para pesquisas em diabetes tipo 1.

Depois da morte do estudante Will Hauver, de 22 anos, de complicações da diabetes associada à gripe, seus amigos e familiares resolveram lançar um desafio nos moldes do“desafio do balde de gelo”, que arrecadou dinheiro para pesquisas e tratamento de esclerose lateral amiotrófica (ELA).

 

 

A ideia do “Desafio do ovo na testa” foi inspirada em uma brincadeira feita pelo próprio Will, alguns meses antes de morrer. Ao ser desafiado a jogar um balde de gelo na cabeça, ele gravou um vídeo dizendo que faria uma doação para a campanha, mas que lançaria uma outra, que consistiria em quebrar um ovo na própria cabeça e chamar a atenção para a diabetes tipo 1.

 

will-hauver1

 

Will estudava Comunicações no Rollins College, na Flórida, quando foi encontrado morto em seu quarto. De acordo com a Fundação de Pesquisa sobre Diabetes Juvenil (JDRF, na sigla em inglês), gripe e outras infecções aumentam consideravelmente o risco de cetoacidose diabética, complicação potencialmente fatal da diabetes. Foi o que ocorreu com Will.

Depois de sua morte, seus amigos, liderados pela estudante Paige Kennedy, lançaram um vídeo em que convocavam pessoas a quebrarem um ovo na cabeça, falarem sobre a diabetes tipo 1 e fazerem uma doação para a JDRF. Até esta quarta-feira, mais de 180 vídeos de pessoas aderindo ao desafio já foram publicados no canal do YouTube criado pelo grupo e mais de US$ 48 mil já tinham sido arrecadados.

 

will-hauver

 

 

Por G1

Compartilhe:

Faça um comentário