Libertam sacerdote após 4 dias de sequestro na Nigéria
Foto referencial: Martha Calderón / ACI Prensa

Pe. Edwin Omoregbe, sequestrado na semana passada no estado de Edo (Nigéria), foi libertado no domingo, 22 de abril, segundo informações da Arquidiocese de Benin.

“Com grande alegria em nossos corações, queremos informar a todos que o nosso sacerdote, o reverendo Pe. Edwin Omorogbe, foi libertado das mãos dos seus sequestradores”, assinala uma declaração da Arquidiocese publicado no domingo.

“Queremos agradecer a todos pelas orações e pedimos a Deus para que continue nos concedendo os desejos dos nossos corações”, acrescenta o texto.

Veja também:
Uma oração especialmente composta para rezarmos por Alfie
Incrível: padre cantor emociona o público do Got Talent britânico

Pe. Omorogbe, pároco da Igreja de St. Paul, no Benin, foi sequestrado em 18 de abril por homens armados perto de Egba, enquanto se dirigia de Uromi ao Beni. Ele foi libertado na tarde do dia 22 de abril.

Babatunde Kokumo, comissário da polícia do estado de Edo, e outras autoridades dirigiram a busca e os esforços para resgatar o sacerdote.

As razões do sequestro e a identidade dos sequestradores ainda são desconhecidas.

Pe. Omoregbe foi ordenado sacerdote em 2003, depois de estudar no Canadá.

Vários sacerdotes foram sequestrados no sul da Nigéria nos últimos meses. Em janeiro, seis religiosas foram sequestradas e libertadas em março.

Em outubro de 2017, o sacerdote italiano Maurizio Pallù também foi sequestrado durante uma semana no estado de Edo.

Em setembro do mesmo ano, Pe. Cyriacus Onunkwo foi sequestrado e assassinado.

Fonte: ACI Digital

Faça um comentário