Logo da visita do Papa Francisco ao Marrocos é apresentado
Foto: Logo da visita do Papa Francisco ao Marrocos

A Sala de Imprensa da Santa Sé apresentou a logo da viagem que o Papa Francisco realizará ao Marrocos de 30 a 31 de março de 2019 e a explicação desta visita apostólica.

Primeiramente, a logo mostra uma cruz e uma meia-lua muçulmana – em alusão à reunião de diálogo inter-religioso entre cristãos e muçulmanos que contará com a participação do Papa Francisco e do líder dos fiéis em Rabat, 800 anos depois do encontro de São Francisco de Assis com o sultão.

As cores utilizadas são as dos dois países: verde e vermelho para o Marrocos, amarelo e branco (o fundo) para o Vaticano.

Veja também:
Papa confirma visita ao Marrocos em 2019
Confira a agenda do Papa para 2019

O tema da visita é “Servidor da Esperança”, porque consideram o Santo Padre como o servo dos servos de Deus, mas também faz alusão ao título da Carta Pastoral aos Bispos da Conferência Episcopal Regional do Norte da África (CERNA) entregue pelo Papa Francisco durante a última visita ad limina em março de 2015.

Finalmente, o nome do Marrocos escrito em árabe em honra ao país que o convida.

O Papa visitará as cidades de Rabat, capital deste país norte-africano, e Casablanca. A Igreja Católica no Marrocos está organizada em duas arquidioceses, a de Tangiers (de língua espanhola) e a de Rabat (de língua francesa) e tem numerosas obras educacionais e de caridade que atendem a todos os tipos de pessoas sem importar a religião, raça ou língua, mas sempre com a proibição de evangelizar.

Com uma população de 32 milhões de habitantes, 99% se declaram muçulmanos sunitas. Além do idioma árabe, grande parte da população fala bereber, especialmente no norte e no interior do país. Devido ao seu passado colonial, o francês e o espanhol também estão presentes no Marrocos.

Fonte: ACI Digital

Faça um comentário