Descubra as necessidades em sua igreja utilizando o marketing

Os padres que vivem há muito tempo nas paróquias são capazes de identificar mais facilmente as necessidades dos seus paroquianos. Da mesma forma as religiosas e religiosos e outros membros que vivem à frente da igreja. Por isso, é preciso traçar meios para a satisfação dos paroquianos em relação às suas necessidades e desejos na linha espiritual.

Conheça o CONASPAR – Congresso Nacional de Secretários Paroquiais

Na prática, se praticam ações e atividades que estimulam e alimentam a fé. Mas, será que não falta algo? O amadorismo não pode existir na gestão de organizações e nem na prática da espiritualidade.

Assine a Revista Paróquias e receba em casa material sobre Gestão Eclesial

Colhendo frutos

As paróquias são áreas ideais para trabalhar ações evangelizadoras, no sentido de favorecerem meios para que os paroquianos (as) sejam parceiros na coleta de idéias, sugestões, opiniões, etc, a exemplo de pesquisa, ajudando assim os padres identificar as necessidades e os anseios de seus fiéis.

Com o resultado de uma pesquisa fica mais fácil fazer um diagnóstico das paróquias, juntamente, com os outros coordenadores que atuam na comunidade. Essas ações nos mostram que o marketing está vivo no nosso meio. O marketing está ajudando os membros das paróquias na divulgação das atividades da Igreja e na satisfação das necessidades das pessoas.

Comunicação e Marketing

Uma das formas de comunicar as atividades e eventos nas paróquias é por meio das missas, das festas dos padroeiros, das reuniões com as pastorais, anúncios em cartazes nas igrejas e nas capelas e, no contato direto com os fiéis. Dessa forma, os líderes comunitários estarão usando uma técnica de comunicação muito praticada no marketing, em prol da satisfação das necessidades dos católicos.

E o marketing não está ligado totalmente ao capitalismo. Esse pode ser usado para divulgar, também, a Boa Nova de Jesus Cristo, que é o alimento desejado e necessitado por todos. O Documento de Paulo VI, Evangelii Nuntiandi, vem explicar que o povo de Deus pode usar as coisas da cultura humana em prol da evangelização.

[Você conhece a ExpoCatólica?!]

Uma nova visão

A sociedade pós-moderna respira marketing. As ações de marketing são vistas por todos os lados com o objetivo de atender as necessidades materiais das pessoas. Enquanto as empresas capitalistas vendem ilusões, a Igreja Católica, “vende” a Salvação, que está ligada às necessidades espirituais. De forma inconsciente e saudável, os líderes católicos usam as técnicas do marketing para “vender” um “produto” intangível, que a Igreja Católica dispõe em várias paróquias e dioceses (mercado), que é: a palavra de Salvação do Evangelho.

Portanto, em meio a uma sociedade que corre em busca do consumismo exagerado, o marketing está sendo usado para atender as necessidades espirituais dos católicos, oferecendo o seu valioso produto: a Mensagem da Salvação. O marketing vive e satisfaz as necessidades espirituais dos católicos de forma anônima.

4 dicas para facilitar o trabalho em sua comunidade

1. Delegue líderes competentes para melhor gerir os grupos paroquiais;

2. Deixe o controle das igrejas e capelas em mãos de líderes mais envolvidos com a comunidade;

3. Escute as necessidades e desejos do povo;

4. Fique mais tempo envolvido nos trabalhos pastorais, identificando as necessidades dos paroquianos.

Cristiano Cassemiro é Pós-Graduado em Gestão de Marketing. Graduado em Administração em Marketing e leciona na UFRPE e em outras escolas técnicas em Recife.

Fonte: Revista Paróquias, ed. 16. Para ler mais matérias sobre gestão eclesial, assine já: (12) 3311-0665 ou [email protected]

Faça um comentário