Médico invade igreja e danifica ostensório em Piracicaba

O ostensório da Sé Catedral de Santo Antônio de Piracicaba (SP) foi danificado durante a recitação do terço nesta terça-feira (3). Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil afirmando que um médico de 59 anos invadiu o presbitério da catedral, local onde fica o altar, e golpeou o objeto, que conserva a hóstia consagrada para as celebrações católicas.

O padre Mateus Kerches Nicolucci disse que o homem estava com um objeto na mão, que parecia ser uma bengala ou um pedaço de madeira, e subiu no presbitério como se fosse fazer uma oração, mas ao se aproximar da peça, deu golpes com este objeto no ostensório.

Leia também:
Vídeo: Homem furta celular de padre em igreja no DF durante missa
Apenas a Igreja Católica é capaz de interpretar a Bíblia, diz Papa

O padre disse ainda que não foi a primeira vez que o médico causou transtornos na catedral. Além do ostensório, o suporte da peça ficou destruído.

Após o ocorrido, um representante da igreja registrou o boletim de ocorrência contra o médico. Os policiais que acompanharam a ocorrência informaram no documento que o autor aparentava ter problemas psiquiátricos, e ele não chegou a ser detido na delegacia.

Em nota, a Diocese de Piracicaba disse que o homem invadiu o presbitério da catedral por volta das 19h15 e que ele estava visivelmente abalado emocionalmente. O ostensório, que estava sobre o altar, foi danificado em duas partes e a “hóstia profanada”.

A igreja estava cheia no momento do ocorrido, e após acalmar os fiéis, o monsenhor Ronaldo Francisco Aguarelli recolheu a Eucaristia e decidiu registrar o boletim de ocorrência.

“O ato de reparação à Santa Eucaristia foi realizado na missa de adoração ao Santíssimo celebrada logo em seguida. Já o ostensório danificado foi encaminhado para os devidos reparos.”

A Diocese não soube informar o custo do conserto da peça, que terá que ser restaurada, e disse ainda que lamenta o fato ocorrido, e espera que os familiares do médico e autoridades policiais tomem as medidas cabíveis.

Imagem mostra ostensório antes de dano e suporte que ficou destruído (Fotos: Divulgação)

Fonte: Front Católico

Faça um comentário