Foto: Daniel Ibáñez | ACI Prensa

“Não há nenhuma dificuldade na vida que não possa ser vencida”, afirmou o Papa Francisco durante uma audiência às crianças que sofrem de câncer da Clínica de Oncologia Wroclaw (Polônia), na sexta-feira, na Sala Clementina do Vaticano.

“Pensem bem nisso: não há dificuldade na vida que não possa ser vencida. A vitória é diferente para cada pessoa: Cada um vence à sua maneira, mas ideal é vencer sempre. É o horizonte para seguir adiante”. “Não desanimem”, exortou o Pontífice.

“O seu caminho na vida é um pouco difícil, queridas crianças, porque vocês têm de se tratar, vencer a doença ou conviver com ela: isso não é fácil”, disse o Pontífice às crianças, às quais recordou que possuem muitos amigos que as ajudam, assim como seus familiares que “ajudam vocês a seguirem em frente”.

Além disso, o Papa Francisco lembrou que “o Senhor deu um anjo da guarda a cada um de nós, de quando éramos pequenos até nos tornamos idosos. O Senhor deu a cada um de nós um anjo para que nos ajude na vida. Cada um de vocês tem o seu. Conversem com o seu anjo da guarda, para que os proteja, os inspire e os leve a vencer sempre na vida”.

Veja também:
Papa Francisco alerta fiéis: o Natal não pode ser mundano
A oração que o Papa Francisco fez diante da imagem de Nossa Senhora Aparecida

Do mesmo modo, o Santo Padre agradeceu as pessoas que acompanham, cuidam e ajudam essas crianças. “Ajudam estas crianças a crescer”, assinalou.

Ao finalizar, o Santo Padre, com seu habitual senso de humor, se dirigiu às crianças e assinalou que são muito importantes, “pois para ouvir e falar com o Papa vocês precisam de dois intérpretes. Vocês são importantes!”.

Antes de o Papa dar a sua bênção, as crianças rezaram Ave Maria em polonês.

Fonte: ACI Digital

Faça um comentário