“Não sei, mas creio”: pe. Zezinho, scj fala do mistério do universo em que vivemos

“Creio no Deus que nunca vi (…) Um dia saberemos como foi e como tudo continuará”

Sacerdote dos mais amados do Brasil, o pe. Zezinho compartilha frequentemente as suas reflexões com o público via redes sociais.

Atualmente ele publicou este belo testemunho sobre como enxerga na fé os mistérios do universo em que vivemos:

VIVO RODEADO DE MISTÉRIOS!

Não sei mas creio. Não sei como era antes de o universo ser criado. Nem como de fato a nossa Galáxia se formou e como a Lua 🌓 se acoplou à 🌏 Terra.

Não sei porque nunca vi. Não sei como eram ou são os anjos ou arcanjos, querubins ou serafins. Era uma antiga crença daqueles povos que os judeus adaptaram.

Não sei porque nunca vi uma alma do outro mundo. Nunca vi um santo depois que morreu. Mas conheço vários deles enquanto estavam vivos. Viviam em comunhão com Deus. Até falei e convivi com alguns que foram declarados beatos ou santos. Mas nenhum deles voltou para conversar comigo.

Só tenho a fé que se baseia na Bíblia e no nosso catecismo. Escolhi ser católico e creio como nossa Igreja crê. Aceito a Bíblia (que deve ser interpretada com cuidado) e aceito a Tradição Católica que também deve ser interpretada por quem estudou nossa História de 20 séculos e pela História dos Hebreus e Judeus de quase 40 séculos.

Não vi como se formaram os trilhões de corpos celestes, nem as centilhões e miríades de microvidas que nem com poderosos microscópios se detectam. É que escolhi crer que isto tudo não foi acaso.

Creio no Deus que nunca vi. E um evangelista de nome João disse que Deus nunca foi visto. Mas Jesus disse que ele conhecia o Pai do Universo. E um dia nos levaria a Ele, a quem ele chamava de MEU E VOSSO PAI! E eu creio em Jesus.

Quanto a outros crentes de milhares de igrejas e religiões? Eu respeito! Eles também escolheram crer de outra maneira! Um dia saberemos como foi e como tudo continuará!

Padre Zezinho scj
Fonte: Aleteia
Compartilhe:

Faça um comentário