Nossa Senhora apareceu para cristãos que seriam vítimas de pandemia mundial no século passado | Imagem: Felipe Pimentel Gonçalves de Lima

A aparição de Nossa Senhora de Fátima aconteceu próxima a pandemia que matou milhões por Gripe Espanhola

As aparições de Nossa Senhora sempre são vinculadas a tempos de grande desespero da humanidade. Nossa Senhora Aparecida veio ao encontro dos filhos que sofriam com a escravidão, já Nossa Senhora Auxiliadora apareceu para salvar a igreja em meio a guerra. Porém, esses não são os únicos casos em que a humanidade já precisou do socorro da Virgem Santíssima. Ao longo da história, o mundo passou por surtos de doenças que causaram grande dor e sofrimento e que necessitou da presença da Rainha dos anjos.

Leia mais:
Papa Francisco reza Pai-Nosso e implora misericórdia de Deus para o mundo

A Gripe Espanhola

No fim de 1917, uma terrível doença surgiu para se alastrar por todo o planeta. A famosa Gripe Espanhola foi uma das mais mortais e devastadoras pandemias que o mundo já presenciou. Com os primeiros casos relatados durante a Primeira Guerra Mundial, as forças armadas de cada país ofuscaram a presença da enfermidade em seus campos de concentração, a fim de não demonstrarem fraqueza às tropas rivais, causando uma manifestação silenciosa e inconsciente.

Dessa forma, a proliferação da doença originada pelo vírus influenza, tomou proporções fora de controle e se tornou uma pandemia mundial em 1918. Os especialistas estimam que o número de mortes girou em torno de 50 até 100 milhões de pessoas, superando a quantidade de vítimas da Primeira Guerra e até mesmo do Holocausto. É fato que a medicina não sabia como, nem quando o mundo conseguiria escapar dessa proliferação compulsória e letal.

Leia mais:
Oração para comunhão espiritual

A aparição de Nossa Senhora

Em épocas de caus e pânico a fé dos cristãos é fortemente testada, pois em meio a tanto sofrimento, como sentir a presença divina? Acontece que em 1917, ano que se encerrou a guerra e período em que o vírus da Gripe Espanhola se espalhava silenciosamente pelos escombros das trincheiras, algo maravilhoso aconteceu. Em uma cidadezinha portuguesa, as crianças Jacinta, Francisco e Lúcia receberam a visita de Nossa Senhora de Fátima.

A aparição é famosa pelos segredos revelados para as 3 crianças e por ter acontecido mais de uma vez, a cada 6 meses. Em uma das conversas com a Virgem Santíssima, Maria revelou que Jacinta e Francisco morreriam cedo, mas que deveriam confiar inteiramente no plano de Deus, pois seu amor é maior do que qualquer mal existente no mundo. Assim, os pequeninos não temeram, pois estavam firmes na fé e confiantes de que o Pai nunca desampara um filho. Em 1918, Jacinta faleceu com apenas 9 anos e Francisco 10. Ambos foram vítimas de Gripe Espanhola.

Por Redação Catholicus 

Compartilhe:

Faça um comentário