Ela se sentou em meu escritório chorando. Ela estava prestes a nos contar um segredo que tinha jurado a si mesma que nunca iria contar a ninguém.

No começo eu pensei que as lágrimas eram apenas porque ela sentia falta do marido que tinha sido enviado para o Afeganistão três meses atrás, mas quando ela começou a se abrir para minha esposa, Ashley, e eu, rapidamente descobrimos que havia muito mais em sua dor do que apenas a distância física entre ela e seu marido.  Ela estava prestes a nos contar um segredo que tinha jurado a si mesma que nunca iria contar a ninguém.

Veja também: 5 coisas que você precisa dizer ao seu cônjuge

Esta jovem mulher e seu marido tinham começado a se afastar durante os meses que antecederam a ida de seu marido para o Afeganistão, e agora com milhares de quilômetros entre eles, ela se sentia desesperadamente sozinha. Ela tinha se reconectado a um velho “amigo” e ele ofereceu-lhe apoio e incentivo. Ela sentiu-se segura em confiar nele, porque ele estava em uma cidade diferente, então ela sabia que ligações, mensagens de texto e algumas vídeo chamadas ocasionais seriam a extensão de sua conexão. Essa segurança fez com que ela baixasse sua guarda e uma noite, uma mensagem de texto flertando com este “amigo” levou a outra, que levou a outra e, antes que ela percebesse, ela estava envolvida em uma troca de imagens e palavras sexualmente explícitas.

Uma vez que o sexting terminou, ela voltou aos seus sentidos e percebeu a magnitude do que tinha acontecido. Ela mandou uma mensagem para o seu “amigo” e disse que eles haviam ultrapassado limites que nunca deveriam ter sido ultrapassados e eles precisavam cortar todo o contato um com o outro. Ela o bloqueou de seu telefone e Facebook e tentou deixar esse incidente para trás como se nunca tivesse acontecido. O problema era que o segredo a foi corroendo. Ela teve que botá-lo para fora. Ela tinha descoberto dolorosamente o princípio de que nós não tomamos conta de nossos segredos, eles tomam conta de nós!

Ela fez essa confissão chorosa para Ashley e eu e perguntou o que ela deveria fazer em seguida. Ela não queria contar ao seu marido, porque ela tinha certeza de que a confissão iria causar danos irreversíveis à intimidade e confiança em seu casamento. Nós oramos com ela e a encorajamos a lembrar-se de que a graça de Deus é maior que nosso maior erro e Seu perdão é instantâneo e vem sem nenhuma data de validade. Nós também partilhamos a dura verdade que a Bíblia também ensina claramente que precisamos confessar a quem tivermos pecado contra e, neste caso, ela havia pecado contra seu casamento e seu marido.

Nós lhe dissemos que, em última análise, a escolha era dela, mas que para um relacionamento prosperar, não pode haver segredos. Em um casamento, segredos são tão perigosos quanto mentiras e enquanto eles não forem revelados, eles irão criar uma barreira invisível bloqueando seu crescimento como casal. Uma verdade dolorosa é sempre melhor do que uma mentira escondida.

Ela esperou até seu marido voltar do Afeganistão para que ela pudesse ter essa conversa pessoalmente. Ela contou-lhe tudo e ele podia ver o remorso em seu rosto. Ele ficou ferido, mas sua coragem o inspirou a compartilhar alguns segredos que ele tinha. Depois de expor seus segredos e buscarem perdão, eles puderam eventualmente avançar para um novo nível de saúde e força em seu relacionamento.

Se o seu casamento parecer estar preso em um barranco, talvez seja porque há segredos que precisam vir à tona. Você vai se surpreender com o poder da honestidade e Graça. Deixe a verdade e o perdão fluírem livremente em seu casamento e você será capaz de passar por qualquer desafio que aparecer em seu caminho! Se a confiança foi quebrada em seu casamento, veja meu post sobre

“O amor prospera quando uma falha é perdoada, mas deter-se sobre ela separa os maiores amigos.” Provérbios 17:9

Fonte: Familia.com.br

 

Compartilhe:

Faça um comentário